Futuros médicos da UMinho apoiam idosos isolados
01 de Setembro, 2016

O Núcleo de Estudantes de Medicina da Universidade do Minho (NEMUM) promove a terceira edição do projeto “Aldeia Feliz”, que visa dar apoio médico a cerca de 200 idosos isolados de seis aldeias do concelho dos Arcos de Valdevez.

As visitas ao domicílio, que decorrem de quinta-feira a domingo, incluem rastreios cardiovasculares, identificação de problemas de saúde e mobilidade, bem como a avaliação das condições de habitabilidade e o grau de dependência.

Este programa de intervenção conta com a participação de 26 estudantes voluntários de Medicina que, ao longo de quatro dias, farão a avaliação de múltiplos fatores de risco e determinantes da qualidade de vida dos idosos das aldeias situadas na zona do Parque Nacional Peneda-Gerês.

As primeiras visitas ao domicílio realizam-se esta quinta-feira, dia 1, nas aldeias de Sistelo e Cabreiros.

As equipas de intervenção arrancam às 13h00 do centro do município.

Informação em destaque
Sessão com Edgar Morin adiada para quinta-feira
20 de Novembro, 2019
Seminário Internacional: “Cidades Ativas, pessoas (mais) Felizes”
20 de Novembro, 2019
EB1 da Pegada vai hastear Bandeira Verde
20 de Novembro, 2019
Exposição "Antigos Instrumentos de Tortura"
20 de Novembro, 2019
Conselho Consultivo para o Investimento e Emprego
20 de Novembro, 2019
Secretária de Estado para a Integração na UMinho
19 de Novembro, 2019
Publicidade