CHAA - Centro de Excelência de doenças raras
05 de Abril, 2013
O Ministério da Saúde designou três centros de excelência de doenças lisossomais de sobrecarga. Na região norte o Centro Hospitalar do Alto Ave foi o selecionado, passando a ser uma referência do ponto de vista clínico e técnico nestas doenças. O Centro Hospitalar do Ave (CHAA) congratulou-se já com a “promoção” a centro de excelência de tratamento de doenças raras, sublinhando tratar-se do “reconhecimento de um trabalho de anos” ali desenvolvido. O Ministério da Saúde designou três centros de excelência de doenças lisossomais de sobrecarga, sendo o CHAA, que integra os hospitais de Guimarães e Fafe, o selecionado na região norte. Os outros dois são o Centro Hospitalar Universitário de Coimbra e o Centro Hospitalar de Lisboa Norte. Da mesma forma, foi também constituída a Comissão Coordenadora do Tratamento das Doenças Lisossomas de Sobrecarga, com 6 elementos, ao nível nacional, da qual fará parte Olga Azevedo, médica do CHAA. O CHAA é o maior centro ibérico de doenças raras, sendo mesmo um dos maiores centros europeus de tratamento da Doença de Fabry.
Informação em destaque
Detenções por condução sob o efeito do álcool
23 de Outubro, 2017
Roadshow sobre Código dos Contratos Públicos
23 de Outubro, 2017
8º Caminhada da União de Selho S.Lourenço e Gominhães
22 de Outubro, 2017
Exposição de fotografia de Manuel Correia
23 de Outubro, 2017
Parque de Estacionamento de Camões começa a ser construído
23 de Outubro, 2017
Peditório Nacional das Missões Católicas
22 de Outubro, 2017
Publicidade