CHAA - Centro de Excelência de doenças raras
05 de Abril, 2013
O Ministério da Saúde designou três centros de excelência de doenças lisossomais de sobrecarga. Na região norte o Centro Hospitalar do Alto Ave foi o selecionado, passando a ser uma referência do ponto de vista clínico e técnico nestas doenças. O Centro Hospitalar do Ave (CHAA) congratulou-se já com a “promoção” a centro de excelência de tratamento de doenças raras, sublinhando tratar-se do “reconhecimento de um trabalho de anos” ali desenvolvido. O Ministério da Saúde designou três centros de excelência de doenças lisossomais de sobrecarga, sendo o CHAA, que integra os hospitais de Guimarães e Fafe, o selecionado na região norte. Os outros dois são o Centro Hospitalar Universitário de Coimbra e o Centro Hospitalar de Lisboa Norte. Da mesma forma, foi também constituída a Comissão Coordenadora do Tratamento das Doenças Lisossomas de Sobrecarga, com 6 elementos, ao nível nacional, da qual fará parte Olga Azevedo, médica do CHAA. O CHAA é o maior centro ibérico de doenças raras, sendo mesmo um dos maiores centros europeus de tratamento da Doença de Fabry.
Informação em destaque
Todos por uma Causa, Todos pela Deficiência
24 de Maio, 2017
The Discoveries Centre em Guimarães lançado hoje
23 de Maio, 2017
Detenções por condução sob o efeito do álcool
22 de Maio, 2017
AMAP recebe conferência de Ramos-Horta no final deste mês
24 de Maio, 2017
Campeãs de Basquetebol recebidas na Câmara de Guimarães
24 de Maio, 2017
BabeliUM lança cursos de verão para dez línguas
24 de Maio, 2017
Publicidade