UMinho em projeto europeu para armazenar energia térmica
08 de Junho, 2015

A Universidade do Minho participa no novo doutoramento europeu em Armazenamento de Energia Térmica, que junta 19 instituições de 13 países.

O projeto, financiado pela UE em 4.3 milhões de euros até 2019, vai qualificar profissionais direcionados à indústria e à ciência, o que permitirá afirmar a liderança da Europa neste âmbito.

Um dos projetos em curso visa criar novas formas de armazenamento de energia mais duradouras, eficientes e ecossustentáveis. Os parceiros, que reúnem nos dias 16 e 17 em Bruxelas, vão cooperar na definição, implementação e evolução do programa doutoral.

O projeto, designado INPATH-TES e inserido no programa-quadro Horizonte 2020, “vai permitir que a formação avançada nesta área seja mais eficiente e com benefícios claros para alunos e professores, realça o professor Luís Bragança, do Departamento de Engenharia Civil da Escola de Engenharia da UMinho.

Informação em destaque
Fim-de-semana da Vaca-loura 2020 nas Taipas
04 de Julho, 2020
Organização do areal na fronteira entre Souto e Briteiros
04 de Julho, 2020
Detenção por condução ilegal
03 de Julho, 2020
Gualterianas: apresentação de propostas culturais a decorrer
04 de Julho, 2020
JS Guimarães organiza iniciativa “História e Futuro”
04 de Julho, 2020
Proteção Civil alerta para altas temperaturas no fim-de-semana
04 de Julho, 2020
Publicidade