UMinho em projeto europeu para armazenar energia térmica
08 de Junho, 2015

A Universidade do Minho participa no novo doutoramento europeu em Armazenamento de Energia Térmica, que junta 19 instituições de 13 países.

O projeto, financiado pela UE em 4.3 milhões de euros até 2019, vai qualificar profissionais direcionados à indústria e à ciência, o que permitirá afirmar a liderança da Europa neste âmbito.

Um dos projetos em curso visa criar novas formas de armazenamento de energia mais duradouras, eficientes e ecossustentáveis. Os parceiros, que reúnem nos dias 16 e 17 em Bruxelas, vão cooperar na definição, implementação e evolução do programa doutoral.

O projeto, designado INPATH-TES e inserido no programa-quadro Horizonte 2020, “vai permitir que a formação avançada nesta área seja mais eficiente e com benefícios claros para alunos e professores, realça o professor Luís Bragança, do Departamento de Engenharia Civil da Escola de Engenharia da UMinho.

Informação em destaque
Bombeiros criam Fénix em Guimarães
18 de Agosto, 2017
Hospital de Guimarães passa a tratar atletas do Vitória SC
17 de Agosto, 2017
Quatro feridos numa colisão em Ronfe
15 de Agosto, 2017
Coro de Câmara “Vix d’Aurum” actua na Basílica de S. Pedro
12 de Agosto, 2017
Jerónimo de Sousa sábado em Guimarães
16 de Agosto, 2017
"La La Land" para ver esta noite no Largo da Oliveira
17 de Agosto, 2017
Publicidade