UMinho em projeto europeu para armazenar energia térmica
08 de Junho, 2015

A Universidade do Minho participa no novo doutoramento europeu em Armazenamento de Energia Térmica, que junta 19 instituições de 13 países.

O projeto, financiado pela UE em 4.3 milhões de euros até 2019, vai qualificar profissionais direcionados à indústria e à ciência, o que permitirá afirmar a liderança da Europa neste âmbito.

Um dos projetos em curso visa criar novas formas de armazenamento de energia mais duradouras, eficientes e ecossustentáveis. Os parceiros, que reúnem nos dias 16 e 17 em Bruxelas, vão cooperar na definição, implementação e evolução do programa doutoral.

O projeto, designado INPATH-TES e inserido no programa-quadro Horizonte 2020, “vai permitir que a formação avançada nesta área seja mais eficiente e com benefícios claros para alunos e professores, realça o professor Luís Bragança, do Departamento de Engenharia Civil da Escola de Engenharia da UMinho.

Informação em destaque
Debate sobre política regional e fundos europeus
16 de Outubro, 2019
Ação de sensibilização no âmbito da Operação Censos Sénior
16 de Outubro, 2019
Fibrenamics promove 'Business Talks' para apoiar indústria
16 de Outubro, 2019
Exposição "histórias pintadas com porta à berta"
16 de Outubro, 2019
Projeto “O Ave para Todos” envolve comunidade
16 de Outubro, 2019
“IPCAliza-te 2019” decorre de 20 a 25 de outubro
16 de Outubro, 2019
Publicidade