Guimarães: condenado por violência doméstica
22 de Dezembro, 2014
O Tribunal Judicial de Guimarães condenou um homem a dois anos e quatro meses de prisão efetiva pelo crime de violência doméstica, por insultar e ameaçar de morte a ex-companheira, nomeadamente através de SMS.
Segundo uma nota publicada no 'site' da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o tribunal considerou provado que, ao longo de mais de dois anos, o arguido enviou à ex-companheira diversas mensagens escritas (SMS), insultando-a e ameaçando-a de morte.
Segundo o tribunal, o arguido, com os mesmos propósitos, também procurou a vítima na sua residência e no seu local de trabalho, ambos em Guimarães.
Os factos ocorreram entre 24 de abril de 2013 e 24 junho de 2014, tendo o inquérito início a 2 de julho. O arguido está em prisão preventiva desde 7 de julho.
Informação em destaque
Pedro Arezes reconduzido na presidência da EEUM
30 de Setembro, 2022
Bolsas de estudo com candidaturas abertas
30 de Setembro, 2022
PSD:‘descontentamento’ por Guimarães estar fora da Linha de Alta Velocidade
29 de Setembro, 2022
Encontro de Arte Participativa no CCVF
30 de Setembro, 2022
CMG apresenta projeto-piloto à CP para ligação Guimarães-Lordelo
30 de Setembro, 2022
Fafe é palco da 32ª conferência anual da AEMI
30 de Setembro, 2022
Publicidade