Guimarães: condenado por violência doméstica
22 de Dezembro, 2014
O Tribunal Judicial de Guimarães condenou um homem a dois anos e quatro meses de prisão efetiva pelo crime de violência doméstica, por insultar e ameaçar de morte a ex-companheira, nomeadamente através de SMS.
Segundo uma nota publicada no 'site' da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o tribunal considerou provado que, ao longo de mais de dois anos, o arguido enviou à ex-companheira diversas mensagens escritas (SMS), insultando-a e ameaçando-a de morte.
Segundo o tribunal, o arguido, com os mesmos propósitos, também procurou a vítima na sua residência e no seu local de trabalho, ambos em Guimarães.
Os factos ocorreram entre 24 de abril de 2013 e 24 junho de 2014, tendo o inquérito início a 2 de julho. O arguido está em prisão preventiva desde 7 de julho.
Informação em destaque
Detenções por condução sob o efeito do álcool
27 de Março, 2017
Deputado Pedro Soares visita à ETAR de Serzedo
27 de Março, 2017
Secretário de Estado da Juventude e Desporto no distrito de Braga
27 de Março, 2017
Exposição “Leonardo da Vinci. O Inventor”
27 de Março, 2017
Daniel Salazar é o candidato da CDU a Ponte
27 de Março, 2017
Guimarães assinala "Hora do Planeta"
25 de Março, 2017
Publicidade