Guimarães: condenado por violência doméstica
22 de Dezembro, 2014
O Tribunal Judicial de Guimarães condenou um homem a dois anos e quatro meses de prisão efetiva pelo crime de violência doméstica, por insultar e ameaçar de morte a ex-companheira, nomeadamente através de SMS.
Segundo uma nota publicada no 'site' da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o tribunal considerou provado que, ao longo de mais de dois anos, o arguido enviou à ex-companheira diversas mensagens escritas (SMS), insultando-a e ameaçando-a de morte.
Segundo o tribunal, o arguido, com os mesmos propósitos, também procurou a vítima na sua residência e no seu local de trabalho, ambos em Guimarães.
Os factos ocorreram entre 24 de abril de 2013 e 24 junho de 2014, tendo o inquérito início a 2 de julho. O arguido está em prisão preventiva desde 7 de julho.
Informação em destaque
10º “Verão no Campus”
24 de Julho, 2017
Estudo do HSO ajuda no diagnóstico da Doença de Pompe
23 de Julho, 2017
Programa de Apoio ao Empreendedorismo
23 de Julho, 2017
Sociedade Martins Sarmento: dia internacional da arqueologia
24 de Julho, 2017
Representante da CE em Portugal visita Guimarães
24 de Julho, 2017
Noites de Verão, em Creixomil
22 de Julho, 2017
Publicidade