Guimarães: condenado por violência doméstica
22 de Dezembro, 2014
O Tribunal Judicial de Guimarães condenou um homem a dois anos e quatro meses de prisão efetiva pelo crime de violência doméstica, por insultar e ameaçar de morte a ex-companheira, nomeadamente através de SMS.
Segundo uma nota publicada no 'site' da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o tribunal considerou provado que, ao longo de mais de dois anos, o arguido enviou à ex-companheira diversas mensagens escritas (SMS), insultando-a e ameaçando-a de morte.
Segundo o tribunal, o arguido, com os mesmos propósitos, também procurou a vítima na sua residência e no seu local de trabalho, ambos em Guimarães.
Os factos ocorreram entre 24 de abril de 2013 e 24 junho de 2014, tendo o inquérito início a 2 de julho. O arguido está em prisão preventiva desde 7 de julho.
Informação em destaque
Prémio Príncipe da Beira com candidaturas abertas
23 de Janeiro, 2019
Abertas as inscrições para Prémio Nacional da BIG
23 de Janeiro, 2019
Detidos em Guimarães por tráfico de estupefacientes
22 de Janeiro, 2019
Exposição 'Monges e Guerreiros' no Paço dos Duques
23 de Janeiro, 2019
Espaço Empresa com 400 atendimentos em nove meses
22 de Janeiro, 2019
Triciclo até Março em Barcelos
22 de Janeiro, 2019
Publicidade