Guimarães: condenado por violência doméstica
22 de Dezembro, 2014
O Tribunal Judicial de Guimarães condenou um homem a dois anos e quatro meses de prisão efetiva pelo crime de violência doméstica, por insultar e ameaçar de morte a ex-companheira, nomeadamente através de SMS.
Segundo uma nota publicada no 'site' da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o tribunal considerou provado que, ao longo de mais de dois anos, o arguido enviou à ex-companheira diversas mensagens escritas (SMS), insultando-a e ameaçando-a de morte.
Segundo o tribunal, o arguido, com os mesmos propósitos, também procurou a vítima na sua residência e no seu local de trabalho, ambos em Guimarães.
Os factos ocorreram entre 24 de abril de 2013 e 24 junho de 2014, tendo o inquérito início a 2 de julho. O arguido está em prisão preventiva desde 7 de julho.
Informação em destaque
Mesa Redonda “Estratégias e Tendências em E-commerce”
31 de Janeiro, 2023
Guimarães anuncia incentivo para feirantes e lojas
30 de Janeiro, 2023
Detenção de suspeito de pornografia de menores
26 de Janeiro, 2023
GUIdance 2023
31 de Janeiro, 2023
Nascimentos em Guimarães permitem plantar 1.400 árvores
31 de Janeiro, 2023
UMinho realiza seminário sobre carreira e sucesso académico
30 de Janeiro, 2023
Publicidade