Suspeito de agressões a adeptos com medida de coação atenuada
04 de Dezembro, 2014
A medida de coação do jovem suspeito das agressões com arma branca a dois adeptos do Sporting em Guimarães, a 1 de novembro, foi atenuada, passando de prisão preventiva para prisão domiciliária, informou fonte judicial.
 
O arguido, de 20 anos, vai aguardar julgamento em prisão domiciliária, com pulseira eletrónica. Está proibido de contactar, por qualquer meio, com os ofendidos e com os demais arguidos.
 
Os factos remontam à noite de 1 de novembro, no final do jogo de futebol entre o Vitória e o Sporting, para a nona jornada da I Liga.
 
O arguido não tem antecedentes criminais, embora existam alguns processos em que está a ser investigado por crimes contra o património, mas ainda não foi julgado.
Informação em destaque
COVID-19: JF Urgezes promove projeto “Por Si, Nós Vamos”
30 de Março, 2020
CTT reabrem em Moreira de Cónegos
30 de Março, 2020
Covid-19: 94 casos confirmados em Guimarães
30 de Março, 2020
Covid-19: Linha Serviço Cardiologia no HSO
30 de Março, 2020
Conselho Consultivo para a Economia reúne esta segunda-feira
30 de Março, 2020
IPCA cria aplicação para pedir medicamentos às farmácias
30 de Março, 2020
Publicidade