CVR da UMinho rentabiliza casca de ovo para tratar efluentes
14 de Novembro, 2014
O CVR - Centro para a Valorização de Resíduos da Universidade do Minho está a valorizar a casca de ovo para tratar efluentes contaminados.
O projeto vai ser divulgado pelo investigador André Ribeiro esta sexta-feira, às 10h30, no CVR, situado no campus de Azurém, em Guimarães.
A sessão insere-se na “Jornada sobre Valorização de Resíduos da Indústria Agroalimentar”, do projeto Provalue, que junta o conhecimento tecnológico e as pequenas e médias empresas (PME) do sudoeste europeu, para encontrar novas formas de rentabilizar aquele tipo de resíduos.
A “Jornada sobre Valorização de Resíduos da Indústria Agroalimentar” decorre das 10h00 às 12h30 no CVR.
Informação em destaque
Covid-19: mais de 4,5 milhões de pessoas receberam dose de reforço
27 de Janeiro, 2022
Mais de 13 mil pessoas em confinamento e em lares votaram
27 de Janeiro, 2022
Mural de homenagem a Neno inaugurado esta quinta-feira
27 de Janeiro, 2022
YMotion leva cinema jovem premiado a estudantes do Norte
27 de Janeiro, 2022
Executivo Municipal reúne esta quinta-feira
27 de Janeiro, 2022
PSP fiscaliza condução sob efeito de álcool
27 de Janeiro, 2022
Publicidade