UM quer construir travessas de caminho-de-ferro com resíduos
11 de Setembro, 2014
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho está a desenvolver travessas para caminho-de-ferro recorrendo a resíduos de plásticos mistos.
O objetivo principal é apresentar uma aplicação técnica que permita reduzir significativamente os milhões de toneladas de resíduos de plástico indiferenciado.
O trabalho está a ser desenvolvido no PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UMinho, em Guimarães, e conta com o financiamento da Sociedade Ponto Verde.
Informação em destaque
Arménio Carlos apoia luta dos trabalhadores em Guimarães
14 de Novembro, 2019
EB2,3 das Taipas vence prémio para melhor projeto público
14 de Novembro, 2019
Guimarães assinala Dia Mundial da Diabetes
14 de Novembro, 2019
BMRB: "Nicolinas e Magia"
14 de Novembro, 2019
Edgar Morin em Guimarães no CIAJG
13 de Novembro, 2019
5ªf: Guimarães Jazz
14 de Novembro, 2019
Publicidade