UM quer construir travessas de caminho-de-ferro com resíduos
11 de Setembro, 2014
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho está a desenvolver travessas para caminho-de-ferro recorrendo a resíduos de plásticos mistos.
O objetivo principal é apresentar uma aplicação técnica que permita reduzir significativamente os milhões de toneladas de resíduos de plástico indiferenciado.
O trabalho está a ser desenvolvido no PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UMinho, em Guimarães, e conta com o financiamento da Sociedade Ponto Verde.
Informação em destaque
Sessões de Ciência para Pré-escolar e 1.º Ciclo
15 de Janeiro, 2019
Hoje é dia de Santo Amaro
15 de Janeiro, 2019
HSO realizou implante de endoprótese expansível por balão
15 de Janeiro, 2019
Curso de videoarte no Museu
15 de Janeiro, 2019
Guimarães revela crescente capacidade de atração de turistas
15 de Janeiro, 2019
Igualdade de género e diversidade em contexto universitário
15 de Janeiro, 2019
Publicidade