UM quer construir travessas de caminho-de-ferro com resíduos
11 de Setembro, 2014
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho está a desenvolver travessas para caminho-de-ferro recorrendo a resíduos de plásticos mistos.
O objetivo principal é apresentar uma aplicação técnica que permita reduzir significativamente os milhões de toneladas de resíduos de plástico indiferenciado.
O trabalho está a ser desenvolvido no PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UMinho, em Guimarães, e conta com o financiamento da Sociedade Ponto Verde.
Informação em destaque
Guimarães apresenta hoje risco máximo de incêndio
06 de Agosto, 2020
“Creixomil de mãos dadas”
05 de Agosto, 2020
Urban Light Garden
05 de Agosto, 2020
32ª edição de Cinema em Noites de Verão
06 de Agosto, 2020
Taipas:Adjudicado projeto de arquitetura para Posto da GNR
05 de Agosto, 2020
Circo Contemporâneo do INAC no Anima-te
04 de Agosto, 2020
Publicidade