UM quer construir travessas de caminho-de-ferro com resíduos
11 de Setembro, 2014
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho está a desenvolver travessas para caminho-de-ferro recorrendo a resíduos de plásticos mistos.
O objetivo principal é apresentar uma aplicação técnica que permita reduzir significativamente os milhões de toneladas de resíduos de plástico indiferenciado.
O trabalho está a ser desenvolvido no PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UMinho, em Guimarães, e conta com o financiamento da Sociedade Ponto Verde.
Informação em destaque
Mudanças no Arquivo Clínico do HSO permitem poupar 50 mil euros
25 de Março, 2017
2ª edição da Feira da Época em Nespereira
25 de Março, 2017
“Open Weekend” na UMinho em Guimarães e Braga
25 de Março, 2017
"Festa da Francesinha" em Urgezes
25 de Março, 2017
PS recandidata Joaquina Antunes à UFBriteiros S. Salvador e Santa Leocádia
25 de Março, 2017
Guimarães assinala "Hora do Planeta"
25 de Março, 2017
Publicidade