UM quer construir travessas de caminho-de-ferro com resíduos
11 de Setembro, 2014
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho está a desenvolver travessas para caminho-de-ferro recorrendo a resíduos de plásticos mistos.
O objetivo principal é apresentar uma aplicação técnica que permita reduzir significativamente os milhões de toneladas de resíduos de plástico indiferenciado.
O trabalho está a ser desenvolvido no PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UMinho, em Guimarães, e conta com o financiamento da Sociedade Ponto Verde.
Informação em destaque
Curtir Ciência assinala 2º aniversário este domingo
17 de Dezembro, 2017
“Sopa Solidária” na Horta Pedagógica entrega Cabaz de Natal
16 de Dezembro, 2017
Este fim-de-semana pode visitar a "Vila Natal 2017" nas Taipas
16 de Dezembro, 2017
Curtir Ciência: “Bombons Natalícios” e “Velas Aromáticas”
16 de Dezembro, 2017
CMG dota escolas com equipamento informático
14 de Dezembro, 2017
Brito: Jogo de futebol solidário
16 de Dezembro, 2017
Publicidade