UM quer construir travessas de caminho-de-ferro com resíduos
11 de Setembro, 2014
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho está a desenvolver travessas para caminho-de-ferro recorrendo a resíduos de plásticos mistos.
O objetivo principal é apresentar uma aplicação técnica que permita reduzir significativamente os milhões de toneladas de resíduos de plástico indiferenciado.
O trabalho está a ser desenvolvido no PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UMinho, em Guimarães, e conta com o financiamento da Sociedade Ponto Verde.
Informação em destaque
Centro Social de Nespereira (CSN) celebra 35 Anos
14 de Setembro, 2019
Guimarães afirma-se pólo nacional no domínio da Inteligência Artificial
14 de Setembro, 2019
Seguro Escolar abrange alunos que usam bicicleta
13 de Setembro, 2019
Exposição "Antigos Instrumentos de Tortura
13 de Setembro, 2019
EL: Agenda Pré-Campanha
13 de Setembro, 2019
Mais de 800 ex-estudantes da UMinho juntam-se em Guimarães
14 de Setembro, 2019
Publicidade