Companhia Paulo Ribeiro leva dança ao CCVF
09 de Maio, 2014
Este fim-de-semana, 09 e 10 de maio, às 22h00, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor vão estar em palco três solos da Companhia Paulo Ribeiro.
O primeiro, na sexta-feira, é um solo coreografado e interpretado pelo próprio, “Sem um tu não pode haver um eu”. Depois de anos afastado dos palcos, Paulo Ribeiro interpreta uma peça que o próprio coreografou, inspirado nos universos infinitos de Ingmar Bergman. No sábado, Leonor Keil interpreta dois solos. O primeiro, com coreografia de Tânia Carvalho. “Como é que eu vou fazer isto?” partiu da inquietação da coreógrafa quando foi desafiada para criar um espetáculo a propósito dos 21 anos de carreira de Leonor Keil.
O segundo solo “Bits & Pieces”, da coreógrafa Olga Roriz, volta a unir as duas artistas depois de anos sem trabalharem juntas para se redescobrirem de novo.
Mas ainda na sexta-feira, após o solo de Paulo Ribeiro, os The Black Mamba apresentam-se, ao vivo, no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor para apresentar o novo trabalho. O concerto tem início à meia-noite.
Informação em destaque
PSP: Detenção por condução sob o efeito do álcool
17 de Julho, 2019
UMinho disponibiliza quase 3000 vagas em 57 cursos
17 de Julho, 2019
21ª IdeaLab: são sete as ideias de negócio finalistas
17 de Julho, 2019
Exposição sobre indústria têxtil de Guimarães
17 de Julho, 2019
Festas da Cidade e Gualterianas - 2 a 5 Agosto
17 de Julho, 2019
"Há Cultura" em Vila Nova de Famalicão
17 de Julho, 2019
Publicidade