UMinho obtém financiamento no quadro da Aliança Europeia Arqus
28 de Julho, 2022
A Aliança Europeia Arqus, que inclui a Universidade do Minho, viu hoje aprovado pela Comissão Europeia o seu plano de trabalho para quatro anos, através da atribuição de 14.4 milhões de euros.
Corresponde a um financiamento de 100%, assente no entendimento de que “os objetivos e as ações da Arqus são muito relevantes”, identificando bem “os principais problemas do ensino superior europeu e os desafios societais inerentes”.
A Aliança Arqus - que envolve ainda as universidades de Granada (Espanha), Graz (Áustria), Leipzig (Alemanha), Lyon1 (França), Pádua (Itália), Vilnius (Letónia) e Wrocław (Polónia) - foi uma das 17 alianças selecionadas no concurso de 2019, destinado à implementação do projeto das universidades europeias, lançado por Emmanuel Macron e que entrou numa nova fase este ano.
O Plano de Trabalho proposto para 2022-2026 dá seguimento ao processo de desenvolvimento da Arqus European University Alliance, assente no propósito da construção, até 2032, de uma universidade europeia voltada para o futuro, aberta, integrada e orientada para a investigação, construindo excelência transformadora com e para todos.
Informação em destaque
Pedro Arezes reconduzido na presidência da EEUM
30 de Setembro, 2022
Bolsas de estudo com candidaturas abertas
30 de Setembro, 2022
PSD:‘descontentamento’ por Guimarães estar fora da Linha de Alta Velocidade
29 de Setembro, 2022
Encontro de Arte Participativa no CCVF
30 de Setembro, 2022
CMG apresenta projeto-piloto à CP para ligação Guimarães-Lordelo
30 de Setembro, 2022
Fafe é palco da 32ª conferência anual da AEMI
30 de Setembro, 2022
Publicidade