Taipas: CDU lamenta “manobras de propaganda política”
06 de Abril, 2021
A CDU lamenta as “manobras de propaganda política irresponsável e perigosa” sobre o licenciamento da Praia Seca para banhos de rio.
Em comunicado, a CDU refere que “a Agência Portuguesa do Ambiente afogou as pretensões da atual e antiga Junta de Freguesia de Caldelas ao pronunciar-se negativamente sobre o licenciamento da Praia Seca para banhos de rio”, e critica a postura de “autarcas e candidatos, quer do PSD quer do PS” que se desdobram “em encontros, reuniões e seminários anunciando a despoluição do rio Ave e prometendo autorização das suas margens para uso das populações”.
No entanto, “apesar das promessas o rio, embora com água menos poluída, continua impróprio para banhistas”, lê-se no comunicado.
A CDU desmarca-se “dessas movimentações imprudentes e reafirma ser impensável, perigoso e desaconselhável prosseguir promessas que não estão na competência da Junta”, apontando que “a competência é em exclusivo da APA e abrir a Praia Seca depende dela”.
Neste sentido, a CDU “exige da APA, CMG, Águas do Ave e Tratave uma vigilância do rio atenta, permanente e consequente com julgamento e punição severa dos poluidores em vez da prática do veto de gaveta saneador, em vez de manobras de propaganda enganosa”, acrescentam no comunicado enviado às redações.
Informação em destaque
Meia Maratona Cidade Berço
24 de Setembro, 2022
Guimarães assinala Dia Mundial do Turismo
24 de Setembro, 2022
XII Jornadas de Pediatria
23 de Setembro, 2022
Mucho Flow anuncia cartaz final
24 de Setembro, 2022
PS: Ricardo Costa promove Convenção
24 de Setembro, 2022
Investigadora da UMinho distinguida com bolsa da Fundação ”la Caixa”
24 de Setembro, 2022
Publicidade