MP acusa 7 arguidos por tráfico de droga em Guimarães e Famalicão
30 de Dezembro, 2020
O Ministério Público acusou sete arguidos de tráfico de estupefacientes pela alegada venda de canábis em Guimarães e Vila Nova de Famalicão, anunciou a Procuradoria-Geral Regional do Porto.
Em nota publicada na sua página, aquela procuradoria específica que a venda de droga terá acontecido em 2019 nas freguesias de Creixomil, Silvares, Selho São Cristóvão, Serzedelo, Azurém e Selho São Lourenço e Ronfe, todas do concelho de Guimarães, e Joane, concelho de Famalicão.
Segundo o MP, dois dos arguidos, além de venderem ao seu próprio mercado de consumidores, ainda abasteciam um terceiro arguido que, por sua vez, geria, com outros dois, um negócio de comercialização direta a consumidores.
Também um sexto arguido está acusado de ter mantido negócio similar, enquanto a um sétimo estão imputadas vendas esporádicas. Cinco dos arguidos encontram-se em prisão preventiva.
Informação em destaque
Catálogo ilustrado pelas lojas de comércio tradicional de Guimarães
16 de Outubro, 2021
GMR Project Room apresenta Max Fernandes e Carlos Lobo
16 de Outubro, 2021
Limp.AR: projeto chega hoje à Montanha da Penha
16 de Outubro, 2021
Manel Cruz apresenta-se em Guimarães
16 de Outubro, 2021
Instalação da Câmara Municipal para o Mandato 2021-2025
16 de Outubro, 2021
P5 lança plataforma de autoavaliação da dor crónica
16 de Outubro, 2021
Publicidade