MP acusa empresa de Guimarães de vender bens penhorados
16 de Junho, 2020

O Ministério Público acusou uma empresa de Guimarães de vender património penhorado que deveria servir para pagar dívidas fiscais que ascendiam a um milhão de euros, anunciou a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Numa publicação online, a procuradoria refere que no processo são arguidos a empresa e os dois gerentes, todos acusados de um crime de frustração de créditos.

Informação em destaque
Embaixadora da Croácia reforça cooperação com Guimarães
24 de Outubro, 2020
Guimarães assinala Dia Municipal para Igualdade
24 de Outubro, 2020
Guimarães reconhecida com Prémio Viver em Igualdade
24 de Outubro, 2020
Ministra da Cultura visita à Contextile 2020
24 de Outubro, 2020
Candidato apoiado pelo IL em Guimarães
24 de Outubro, 2020
Horário de inverno entra em vigor na próxima madrugada
24 de Outubro, 2020
Publicidade