Detido por usurpação e contrafacção
20 de Setembro, 2013
Um indivíduo de 33 anos, de nacionalidade marroquina e comerciante de profissão, foi constituído arguido pelos crimes de contrafacção e de usurpação, no âmbito de uma apreensão de material contrafeito levada a cabo pelo Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana de Guimarães. No âmbito desta apreensão de material contrafeito, a GNR apreendeu inúmeros artigos, entre os quais 22 pares de sapatilhas, 12 pares de óculos, seis pólos, 14 casacos, um par de calças, dois relógios, além de 143 CD de música e 142 DVD´s. Todo este material encontrava-se na posse do indivíduo acima referenciado, que foi detido em Gondomar - Guimarães - e constituído arguido.
Informação em destaque
Universidade Sénior Teófilo Braga inaugura instalações
20 de Janeiro, 2018
Cantar dos Reis no Paço dos Duques e nas Taipas
20 de Janeiro, 2018
Centro de Estudos do Desporto – Guimarães
19 de Janeiro, 2018
'Turismo enogastronómico em Guimarães'
20 de Janeiro, 2018
Luís Soares eleito presidente do PS/Guimarães
20 de Janeiro, 2018
Festas em honra de S. Sebastião e Santo Amaro
20 de Janeiro, 2018
Publicidade