Detido por usurpação e contrafacção
20 de Setembro, 2013
Um indivíduo de 33 anos, de nacionalidade marroquina e comerciante de profissão, foi constituído arguido pelos crimes de contrafacção e de usurpação, no âmbito de uma apreensão de material contrafeito levada a cabo pelo Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana de Guimarães. No âmbito desta apreensão de material contrafeito, a GNR apreendeu inúmeros artigos, entre os quais 22 pares de sapatilhas, 12 pares de óculos, seis pólos, 14 casacos, um par de calças, dois relógios, além de 143 CD de música e 142 DVD´s. Todo este material encontrava-se na posse do indivíduo acima referenciado, que foi detido em Gondomar - Guimarães - e constituído arguido.
Informação em destaque
Supermercados e mercearias encerram às 17h
23 de Janeiro, 2021
CMG atribui bolsas de estudo a alunos do ensino superior
23 de Janeiro, 2021
Elementos das mesas de voto em Guimarães realizam testes de rastreio
23 de Janeiro, 2021
Valter Lobo abre CLAV Live Session em Guimarães
22 de Janeiro, 2021
Proibição de circulação entre concelhos até segunda-feira
23 de Janeiro, 2021
Distrito de Braga em alerta laranja devido a chuva forte
23 de Janeiro, 2021
Publicidade