Detido por usurpação e contrafacção
20 de Setembro, 2013
Um indivíduo de 33 anos, de nacionalidade marroquina e comerciante de profissão, foi constituído arguido pelos crimes de contrafacção e de usurpação, no âmbito de uma apreensão de material contrafeito levada a cabo pelo Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana de Guimarães. No âmbito desta apreensão de material contrafeito, a GNR apreendeu inúmeros artigos, entre os quais 22 pares de sapatilhas, 12 pares de óculos, seis pólos, 14 casacos, um par de calças, dois relógios, além de 143 CD de música e 142 DVD´s. Todo este material encontrava-se na posse do indivíduo acima referenciado, que foi detido em Gondomar - Guimarães - e constituído arguido.
Informação em destaque
Café com Ambiente assinala Dia Mundial da Água
22 de Março, 2017
UMinho está a mapear as empresas familiares portuguesas
22 de Março, 2017
Hospital de Guimarães debate absentismo de crianças e jovens
21 de Março, 2017
Curtir Ciência celebra Dia Mundial da Água
22 de Março, 2017
José Lopes apresentado como Provedor do Idoso de Guimarães
22 de Março, 2017
Ministro do Trabalho na UM para falar sobre pobreza infantil
21 de Março, 2017
Publicidade