UMinho lidera projeto para investigação microbiana
12 de Fevereiro, 2020

A Universidade do Minho, enquanto sede europeia da Infraestrutura de Investigação de Recursos Microbianos (MIRRI), viu aprovado um projeto de cinco milhões de euros para consolidar e alargar a sua missão ao serviço das ciências biológicas e da bioindústria.

O financiamento provém do Programa Horizonte 2020, da Comissão Europeia. O objetivo é garantir o acesso a um portefólio de meio milhão de microrganismos e sua informação associada, além de serviços altamente especializados e ações de educação e formação profissional contínua.

Por outro lado, além dos atuais 10 países parceiros, que incluem a Federação Russa, quer-se alargar a rede da MIRRI a todos os 27 países da UE, a par de outros países interessados.

Informação em destaque
Autarca de Guimarães destaca apoio CSIF’s
24 de Janeiro, 2021
Supermercados encerram às 17h. Restantes estabelecimentos às 13h
24 de Janeiro, 2021
CMG atribui bolsas de estudo a alunos do ensino superior
23 de Janeiro, 2021
Valter Lobo abre CLAV Live Session em Guimarães
22 de Janeiro, 2021
Eleições para a Presidência da República este domingo
24 de Janeiro, 2021
Permitidas deslocações para exercício do direito de voto
24 de Janeiro, 2021
Publicidade