70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos
04 de Dezembro, 2018

A Escola de Direito da Universidade do Minho assinala esta terça-feira os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) com a conferência internacional subordinada ao tema “Mais livres e mais iguais?”.

A iniciativa prevê a presença de representantes da ONU e de Vital Moreira, comissário nacional para as comemorações dos 70 anos da DUDH e dos 40 anos da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos, entre outros. A conferência inicia às 9h30 com um painel sobre o impacto daquela declaração na ordem jurídica portuguesa, juntando Pedro Bacelar Vasconcelos, presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias da Assembleia da República, José Santos Pais, membro do Comité dos Direitos Humanos da ONU, e ainda Vital Moreira, sob moderação da presidente da EDUM, Clara Calheiros.

Logo a seguir, há uma conversa entre o curador João Ribas, o filósofo João Cardoso Rosas, o sociólogo Manuel Carvalho da Silva e a antropóloga Maria Caldeira Silva, que vão explorar a DUDH através de outras “lentes”.

Pelas 14h15 é a vez de uma conferência com a presidente do Comité dos Direitos Económicos, Sociais e Culturais da ONU, Virgínia Brás Gomes, e da docente da Universidade de Direito de Nalsar (Índia), Amita Dhanda. O programa prossegue com a última sessão, intitulada “Portugal, a Europa e os Direitos Sociais”, com as intervenções de Catarina Santos Botelho e José Carlos Andrade, professores das universidades Católica Portuguesa e de Coimbra.

Informação em destaque
CMG distingue utilizadores da Horta Pedagógica
09 de Dezembro, 2018
Plano de mobilidade com novas prioridades
09 de Dezembro, 2018
10 anos da Horta Pedagógica com iniciativa “Sopa Solidária”
08 de Dezembro, 2018
Rui Chafes expõe no CIAJG
08 de Dezembro, 2018
Plano Municipal para Igualdade de Género
07 de Dezembro, 2018
Guimarães inaugurou Árvore de Natal
08 de Dezembro, 2018
Publicidade