Vizela – Falsa advogada constituída arguida
12 de Abril, 2018

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da GNR de Guimarães, constituiu arguida uma mulher, de 61 anos, que se fazia passar por advogada, em Santo Adrião – Vizela.

A suspeita, que já trabalhou num escritório de advogados, fez-se passar por advogada, lesando um indivíduo em seis mil euros, valor correspondente ao pagamento para a defesa em três processos crime, encontrando-se por isso indiciada pelos crimes de burla, abuso de confiança e procuradoria ilícita.

Na sequência do processo, que teve início há cerca de nove meses, tendo por base a denúncia da vítima, foram realizadas duas buscas, uma domiciliária e uma em viatura, que permitiram apreender documentos relacionados com os crimes em investigação. A suspeita foi sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência.

Informação em destaque
Orquestra de Guimarães dedica residência aos 25 anos da CPCJ
18 de Outubro, 2019
Dia das Bandeiras Verdes 2019 no Multiusos de Guimarães
18 de Outubro, 2019
"Fundos de Coesão: Impacto no desenvolvimento na região do Ave"
18 de Outubro, 2019
Grupo de Teatro da ADCL: "Auto da Barca do Inferno"
18 de Outubro, 2019
UNICEF: Projeto de Guimarães destacado
18 de Outubro, 2019
José Valença dá a última aula na UMinho
18 de Outubro, 2019
Publicidade