Vizela – Falsa advogada constituída arguida
12 de Abril, 2018

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da GNR de Guimarães, constituiu arguida uma mulher, de 61 anos, que se fazia passar por advogada, em Santo Adrião – Vizela.

A suspeita, que já trabalhou num escritório de advogados, fez-se passar por advogada, lesando um indivíduo em seis mil euros, valor correspondente ao pagamento para a defesa em três processos crime, encontrando-se por isso indiciada pelos crimes de burla, abuso de confiança e procuradoria ilícita.

Na sequência do processo, que teve início há cerca de nove meses, tendo por base a denúncia da vítima, foram realizadas duas buscas, uma domiciliária e uma em viatura, que permitiram apreender documentos relacionados com os crimes em investigação. A suspeita foi sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência.

Informação em destaque
Covid-19: 177 casos confirmados em Guimarães
05 de Abril, 2020
CIMs pedem urgência no reforço da prevenção nos lares de idosos
05 de Abril, 2020
ES Taipas promove campanha “Ajude quem quer aprender”
04 de Abril, 2020
Funcionamento da Área Dedicada à COVID-19 no CS da Amorosa
04 de Abril, 2020
JF Urgezes promove projeto “Por Si, Nós Vamos”
04 de Abril, 2020
UMinho: campanha de recolha de computadores
05 de Abril, 2020
Publicidade