Investigadora da UMinho estuda influências do autismo
02 de Abril, 2018
Uma investigadora da Universidade do Minho está a estudar se o autismo é influenciado por alterações na parte sensorial do cérebro, impedindo a interação social e com o ambiente.
 
O objetivo é perceber os circuitos neuronais por detrás dos comportamentos associados a este distúrbio, que afeta 70 milhões de pessoas no mundo e uma em cada mil crianças em Portugal.
 
Patrícia Monteiro tem 33 anos e já recebeu bolsas de investigação da Organização Europeia de Biologia Molecular, do Centro de Neurociências e Biologia Celular, da Fundação para a Ciência e Tecnologia e do Programa Erasmus.
 
É a primeira cientista radicada em Portugal com a uma das bolsas de pós-doutoramento mais prestigiadas no mundo, sendo atribuída pelo Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, na Suíça.
 
A Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 2 de abril como Dia Mundial da Consciencialização do Autismo, iniciando as comemorações em 2008.
Informação em destaque
Orquestra de Guimarães dedica residência aos 25 anos da CPCJ
18 de Outubro, 2019
Dia das Bandeiras Verdes 2019 no Multiusos de Guimarães
18 de Outubro, 2019
"Fundos de Coesão: Impacto no desenvolvimento na região do Ave"
18 de Outubro, 2019
Grupo de Teatro da ADCL: "Auto da Barca do Inferno"
18 de Outubro, 2019
UNICEF: Projeto de Guimarães destacado
18 de Outubro, 2019
José Valença dá a última aula na UMinho
18 de Outubro, 2019
Publicidade