Cientista da UMinho recebe bolsa milionária da Comissão Europeia
29 de Novembro, 2017

Manuela E. Gomes, vice-diretora do Grupo 3B’s – Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos da Universidade do Minho, acaba de receber uma bolsa de dois milhões de euros, atribuída pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC). Esta bolsa de consolidação de carreira (Consolidator Grant) é das mais prestigiadas a nível europeu. A cientista tem agora cinco anos para desenvolver substitutos biológicos de tendões e ligamentos. O projeto premiado, intitulado “MagTendon: Tecnologias de engenharia de tecidos associadas a metodologias de estimulação magnética para a regeneração de tendões”, permitirá consolidar uma linha de investigação inovadora centrada na combinação de biomateriais e células estaminais, através de abordagens da engenharia de tecidos para a conceção de substitutos biológicos de tendões e ligamentos. Serão desenvolvidos até 2022 novos biomateriais com propriedades magnéticas que possam ser usados em tecnologias de ponta, nomeadamente a bioimpressão 3D, permitindo um controlo muito específico das estruturas tridimensionais a desenvolver e imitando a arquitetura única do tendão e ligamento e da interface tendão-osso.

Informação em destaque
IdeaLab: são sete as ideias de negócio finalistas
18 de Julho, 2018
HSO: Alteração para 35h de trabalho semanal
17 de Julho, 2018
Estudo sobre empresas familiares apresentado em Guimarães
16 de Julho, 2018
Marcha: Majoretes e figurantes precisam-se
17 de Julho, 2018
JpG volta a apresentar proposta “Desporto para Todos”
17 de Julho, 2018
Aldão venceu os Jogos da Comunidade 2018
17 de Julho, 2018
Publicidade