Cientista da UMinho recebe bolsa milionária da Comissão Europeia
29 de Novembro, 2017

Manuela E. Gomes, vice-diretora do Grupo 3B’s – Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos da Universidade do Minho, acaba de receber uma bolsa de dois milhões de euros, atribuída pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC). Esta bolsa de consolidação de carreira (Consolidator Grant) é das mais prestigiadas a nível europeu. A cientista tem agora cinco anos para desenvolver substitutos biológicos de tendões e ligamentos. O projeto premiado, intitulado “MagTendon: Tecnologias de engenharia de tecidos associadas a metodologias de estimulação magnética para a regeneração de tendões”, permitirá consolidar uma linha de investigação inovadora centrada na combinação de biomateriais e células estaminais, através de abordagens da engenharia de tecidos para a conceção de substitutos biológicos de tendões e ligamentos. Serão desenvolvidos até 2022 novos biomateriais com propriedades magnéticas que possam ser usados em tecnologias de ponta, nomeadamente a bioimpressão 3D, permitindo um controlo muito específico das estruturas tridimensionais a desenvolver e imitando a arquitetura única do tendão e ligamento e da interface tendão-osso.

Informação em destaque
Transporte para vacinação articulado com Juntas de Freguesia
26 de Fevereiro, 2021
DRCN aponta março para concurso das obras na Igreja de Serzedelo
26 de Fevereiro, 2021
CMG e SS esclarecem sobre “Layoff Simplificado e Apoio à Retoma”
26 de Fevereiro, 2021
Programa de qualificação para o setor do turismo em Guimarães
26 de Fevereiro, 2021
PSD critica novo anúncio da obra dos fornos da Cruz de Pedra
26 de Fevereiro, 2021
Circulação entre concelhos volta a estar proibida a partir das 20h
26 de Fevereiro, 2021
Publicidade