Período crítico de incêndios prolongado até 23 de novembro
18 de Novembro, 2017
O Ministério da Administração Interna prolongou o período crítico de incêndios florestais. Neste sentido, é proibida a realização de queimadas ou de fogueiras até quinta-feira, 23 de novembro.
A proibição do Ministério da Administração Interna estende-se a todo o país, e alerta para a necessidade de os comportamentos individuais serem adequados ao risco de incêndio.
Tendo em conta o tempo seco e a subida de temperatura para valores acima da média para esta época do ano, estão reunidas condições favoráveis à propagação de incêndios rurais.
 
Continua também a não ser permitido utilizar equipamentos de queima e de combustão, destinados à iluminação ou à confeção de alimentos; queimar matos cortados e amontoados ou qualquer tipo de sobrantes de exploração; lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes; fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias de atravessamento ou circundantes.
 
Em comunicado, o Ministério da Administração Interna recorda, ainda, os cuidados a ter com trabalhos agrícolas e florestais:
· Manter as máquinas e equipamentos limpos de óleos e poeiras;
· Abastecer as máquinas a frio e em local com pouca vegetação;
· Guardar todo o cuidado com as faíscas durante o seu manuseamento, evitando a sua utilização nos períodos de maior calor.
Informação em destaque
Pedro Arezes reconduzido na presidência da EEUM
30 de Setembro, 2022
Bolsas de estudo com candidaturas abertas
30 de Setembro, 2022
PSD:‘descontentamento’ por Guimarães estar fora da Linha de Alta Velocidade
29 de Setembro, 2022
Encontro de Arte Participativa no CCVF
30 de Setembro, 2022
CMG apresenta projeto-piloto à CP para ligação Guimarães-Lordelo
30 de Setembro, 2022
Fafe é palco da 32ª conferência anual da AEMI
30 de Setembro, 2022
Publicidade