Parque automóvel das prisões reforçado
07 de Junho, 2013
O processo de aquisição de 42 novas viaturas celulares, para reforçar o parque automóvel dos estabelecimentos prisionais, está “em fase final”, esperando-se “a qualquer momento” a entrega das primeiras, foi esta quinta-feira anunciado. Em comunicado, a Direção-Geral da Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) reagia, assim, ao requerimento que a deputada do PCP Carla Cruz enviou ao Governo sobre a alegada inoperacionalidade dos carros celulares do Estabelecimento Prisional (EP) de Guimarães. Em relação do caso concreto do EP de Guimarães, a DGRSP afirma que “não é verdade que não tenha ao seu serviço nenhum carro celular”. A Direção-Geral esclarece ainda que o trabalho de deslocação de reclusos em diligências ao exterior obedece a uma planificação prévia e global a todo o sistema prisional e que, entre outras variáveis, tem em consideração a segurança de quem é transportado e dos cidadãos em geral. Diz ainda que o número de viaturas inoperacionais “varia diariamente” em função das avarias registadas e do volume de viaturas que, após passarem pelos serviços de manutenção e de reparação, volta a circular.
Informação em destaque
Outra Voz leva a palco 'O Outro de Nós'
26 de Maio, 2018
Núcleo de Guimarães comemora 94 anos
26 de Maio, 2018
29ª sessão do Café Memória de Guimarães
26 de Maio, 2018
Muralha visita Recolhimento das Trinas
26 de Maio, 2018
AE Abel Salazar vence Eco Parlamento
26 de Maio, 2018
Prova de BTT “Berço Urban Race”
26 de Maio, 2018
Publicidade