Região do Norte em ciclo de crescimento do emprego
18 de Abril, 2017

A Região do Norte sofreu um processo de redução de emprego entre 2008 e 2013, que se saldou em menos 236 mil pessoas empregadas (-13,3%), tendência invertida a partir de 2014.

Nos últimos três anos a Região assistiu a uma recuperação, com cerca de mais 50 mil pessoas empregadas entre 2013 e 2016, o que ainda não permitiu recuperar a totalidade dos postos de trabalho perdidos na sequência da grave crise financeira internacional desencadeada em 2008.

A conclusão destaca-se do relatório “NORTE ESTRUTURA – edição Primavera de 2017”, uma nova publicação trimestral da CCDR-N.

“Se nos próximos quatro anos fosse possível manter o mesmo ritmo médio de crescimento da taxa de emprego, então a Região do Norte chegaria a 2020 com uma taxa de 74,5%”, lê-se neste primeiro número, que abre com uma análise do mercado de trabalho entre 2008 e 2016.

Do estudo efetuado conclui-se, também, que se tem registado uma crescente qualificação da mão-de-obra na Região, traduzida num aumento em mais de 10 pontos percentuais da proporção de população ativa com formação superior (de 11,6% para 21,9% entre 2007 e 2016).

Informação em destaque
Supermercados e mercearias encerram às 17h
23 de Janeiro, 2021
CMG atribui bolsas de estudo a alunos do ensino superior
23 de Janeiro, 2021
Elementos das mesas de voto em Guimarães realizam testes de rastreio
23 de Janeiro, 2021
Valter Lobo abre CLAV Live Session em Guimarães
22 de Janeiro, 2021
Proibição de circulação entre concelhos até segunda-feira
23 de Janeiro, 2021
Distrito de Braga em alerta laranja devido a chuva forte
23 de Janeiro, 2021
Publicidade