Plano e orçamento para 2017 aprovado
27 de Outubro, 2016
A proposta de plano e orçamento para 2017 da câmara municipal de Guimarães foi aprovada esta quinta-feira, em sede de reunião de executivo, pela maioria socialista, com os votos contra do CDS e PSD e a abstenção da CDU. O orçamento para 2017 ascenderá aos 105,9 milhões de euros, correspondendo à aplicação das receitas correntes e de capital. Um orçamento que assenta em três compromissos principais: sustentabilidade ambiental, a afirmação de Guimarães como Cidade da Europa e do Mundo e a correcção das assimetrias sociais e territoriais.
 
Os vereadores da coligação “Juntos por Guimarães” votaram negativamente a proposta. André Coelho Lima apresenta dois aspectos que justificam este sentido de voto: o facto de a câmara continuar a não auscultar os partidos da oposição na preparação do orçamento, e, no âmbito da política fiscal, pelo facto de a autarquia arrecadar mais receitas que as despesas que prevê gastar até ao final do mandato.
 
Já a CDU absteve-se. O vereador Torcato Ribeiro aponta que este não é o orçamento da CDU, justificando que o orçamento acrescenta pouco aquilo que já era conhecido e que pouco é investido na área da mobilidade e dos transportes. O vereador da CDU fala, também, de um orçamento de fim de mandato.
 
O autarca vimaranense nega que este seja um orçamento de ano de eleições, até porque, refere que as obras inscritas no orçamento terão início em 2017 mas a previsão para o seu fim será em 2018. Domingos Bragança aponta que este orçamento terá por base os fundos europeus do quadro comunitário Portugal 2020.
Informação em destaque
Sono e Sustentabilidade no PubHd UMinho
19 de Abril, 2018
Open Weekend na UMinho
19 de Abril, 2018
Dia Internacional dos Monumentos e Sítios
18 de Abril, 2018
AG Extraordinária na Casa do Povo Fermentões
19 de Abril, 2018
Domingos Bragança recebeu Intendente de Colónia de Sacramento
19 de Abril, 2018
Terra Justa - de 18 a 21 de abril em Fafe
18 de Abril, 2018
Publicidade