Guimarães subscreve “Declaração Basca”
29 de Abril, 2016

A Câmara Municipal de Guimarães subscreveu, no arranque da 8ª Conferência Europeia das Vilas e Cidades Sustentáveis, que decorre em Bilbao, Espanha, a “Declaração Basca”, que pretende tornar-se no novo roteiro para os municípios da União Europeia avançarem no sentido da diminuição das emissões de carbono e para enfrentarem as consequências das alterações climáticas.

A "Declaração Basca" sucede à Carta de Aalborg (1994) e Compromissos de Aalborg (2004) - que Guimarães também assinou -, e pretende lançar as bases do caminho para a sustentabilidade das cidades, ainda que reconhecendo que tal vai exigir uma «transformação tecnológica, socioeconómica e sociocultural».

O seu objetivo é a criação de «municípios produtivos, sustentáveis e resilientes», onde a qualidade de vida dos cidadãos é assegurada e onde «os limites dos ecossistemas locais e globais bem como os recursos naturais são respeitados».

O roteiro conta com uma dezena de etapas para alcançar o objetivo final, incluindo caminhar para o fim dos sistemas de energia dependentes de carbono, reduzindo o consumo total deste recurso, criar padrões sustentáveis de mobilidade urbana e de acessibilidade e proteger e melhorar a biodiversidade e os ecossistemas.

Na conferência, cujo tema é "Ação transformadora: o potencial da Europa" e que juntou mais de 800 participantes de dezenas de países de todos os continentes, Guimarães, que prepara uma candidatura a Capital Verde Europeia em 2020, mostrou também os avanços que tem realizado nesta matéria, numa apresentação a cargo da coordenadora executiva, Isabel Loureiro.

Informação em destaque
Cruz Vermelha inaugura nova sede
22 de Março, 2019
V edição da Nova Ágora começa em Guimarães
22 de Março, 2019
CJSJ apresenta nova valência
22 de Março, 2019
"Mulheres + Activas"
22 de Março, 2019
SE do Desenvolvimento Regional visita Avepark
22 de Março, 2019
“Caminhada pela Floresta”, em Fafe
22 de Março, 2019
Publicidade