Guimarães subscreve “Declaração Basca”
29 de Abril, 2016

A Câmara Municipal de Guimarães subscreveu, no arranque da 8ª Conferência Europeia das Vilas e Cidades Sustentáveis, que decorre em Bilbao, Espanha, a “Declaração Basca”, que pretende tornar-se no novo roteiro para os municípios da União Europeia avançarem no sentido da diminuição das emissões de carbono e para enfrentarem as consequências das alterações climáticas.

A "Declaração Basca" sucede à Carta de Aalborg (1994) e Compromissos de Aalborg (2004) - que Guimarães também assinou -, e pretende lançar as bases do caminho para a sustentabilidade das cidades, ainda que reconhecendo que tal vai exigir uma «transformação tecnológica, socioeconómica e sociocultural».

O seu objetivo é a criação de «municípios produtivos, sustentáveis e resilientes», onde a qualidade de vida dos cidadãos é assegurada e onde «os limites dos ecossistemas locais e globais bem como os recursos naturais são respeitados».

O roteiro conta com uma dezena de etapas para alcançar o objetivo final, incluindo caminhar para o fim dos sistemas de energia dependentes de carbono, reduzindo o consumo total deste recurso, criar padrões sustentáveis de mobilidade urbana e de acessibilidade e proteger e melhorar a biodiversidade e os ecossistemas.

Na conferência, cujo tema é "Ação transformadora: o potencial da Europa" e que juntou mais de 800 participantes de dezenas de países de todos os continentes, Guimarães, que prepara uma candidatura a Capital Verde Europeia em 2020, mostrou também os avanços que tem realizado nesta matéria, numa apresentação a cargo da coordenadora executiva, Isabel Loureiro.

Informação em destaque
Parlamento dos Jovens no Colégio do Ave
18 de Janeiro, 2019
Concurso de Ideias Projeto Empreendedorismo 2018/19
17 de Janeiro, 2019
“Portugal 2020 – Incentivos ao Investimento”
16 de Janeiro, 2019
Noite de Reis na ADCL
18 de Janeiro, 2019
Estrutura de Missão convoca vimaranenses
18 de Janeiro, 2019
Prisão preventiva para suspeitos de tráfico
18 de Janeiro, 2019
Publicidade