CjG considera valores dos apoios às colectividades “insuficiente”
10 de Fevereiro, 2016

Foi aprovado na última reunião de câmara a atribuição de 61 mil euros de apoio financeiro a mais de 60 instituições de cariz cultural do concelho.

Um valor que a Coligação Juntos por Guimarães considera ser "insuficiente". Ricardo Araújo, do PSD, frisou que esse valor "não é actualizado há vários anos". O vereador considera que a autarquia deve “valorizar e respeitar mais” o trabalho levado a cabo pelos grupos e colectividades do concelho.

Na resposta, o presidente da câmara, Domingos Bragança, explicou que estes protocolos de descentralização cultural correspondem "apenas a uma forma de financiamento" e que o valor total do apoio muitas vezes é bastante superior ao aprovado nas reuniões de câmara.

Informação em destaque
Lançamento do livro “O Ave Para Todos” esta tarde
18 de Junho, 2021
CMG pode exercer direito de preferência no edifício da ACIG
18 de Junho, 2021
GNR: detido por violência doméstica em Guimarães
18 de Junho, 2021
Jornadas Históricas e Exposição Retrospetiva marcam Afonsina 2021
18 de Junho, 2021
CMG implementa regulamento de apoio à economia
18 de Junho, 2021
Credores da Coelima decidem futuro da têxtil de Guimarães
18 de Junho, 2021
Publicidade