CjG considera valores dos apoios às colectividades “insuficiente”
10 de Fevereiro, 2016

Foi aprovado na última reunião de câmara a atribuição de 61 mil euros de apoio financeiro a mais de 60 instituições de cariz cultural do concelho.

Um valor que a Coligação Juntos por Guimarães considera ser "insuficiente". Ricardo Araújo, do PSD, frisou que esse valor "não é actualizado há vários anos". O vereador considera que a autarquia deve “valorizar e respeitar mais” o trabalho levado a cabo pelos grupos e colectividades do concelho.

Na resposta, o presidente da câmara, Domingos Bragança, explicou que estes protocolos de descentralização cultural correspondem "apenas a uma forma de financiamento" e que o valor total do apoio muitas vezes é bastante superior ao aprovado nas reuniões de câmara.

Informação em destaque
PSP: Detenção por condução sob o efeito do álcool
11 de Agosto, 2020
Irmandade da Penha promove concerto para os emigrantes
11 de Agosto, 2020
‘Cápsula do Tempo’ na Casa da Memória
11 de Agosto, 2020
Guimarães assinala Dia Internacional da Juventude
11 de Agosto, 2020
Eduardo Fernandes reeleito líder da JSD Guimarães
10 de Agosto, 2020
CM Fafe transfere mais de 100 mil euros para instituições locais
11 de Agosto, 2020
Publicidade