Guimarães aposta na música erudita
09 de Janeiro, 2016

A criação do Quarteto de Cordas de Guimarães, a estreia do Festival de Música Religiosa de Guimarães no período da Páscoa e a primeira edição do festival de ‪música erudita “Guimarães Allegro” no verão de 2016 são os mais recentes projetos culturais da Câmara Municipal de Guimarães.

O Quarteto de Cordas de Guimarães, que integra os violinistas Emanuel Salvador e Gaspar Santos, a polaca Emilia Goch e a violoncelista Catarina Gonçalves, é um projeto inovador de residência artística que irá desenvolver uma oferta constante na área da música de câmara a partir de Guimarães.

Ao longo deste ano, decorrerão quatro residências artísticas que terminarão com a realização de dois concertos nos meses de março, junho, setembro e dezembro.

A primeira edição do Festival de Música Religiosa de Guimarães, com direção artística de José M. Pedrosa Cardoso, organizado pela Câmara Municipal, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Guimarães e a Sociedade Musical de Guimarães, decorrerá de 13 a 26 de março, no período pascal. «O objetivo é atrair mais visitantes durante a Semana Santa, criando um novo percurso cultural com exposições e música sacra e litúrgica», realçou José Bastos, Vereador do Município.

Já o festival Guimarães Allegro, a realizar-se de 21 a 23 de julho, resulta de uma estratégia cultural com o objetivo de revitalizar a música erudita, nome dado à principal variedade de música produzida ou enraizada nas tradições da música secular e litúrgica ocidental.

A Orquestra de Guimarães, dirigida por Vítor Hugo Matos, vai efetuar quatro residências artísticas (março, julho, novembro e dezembro), realizando quatro concertos em 2016, três deles no Centro Cultural Vila Flor, enquanto o espetáculo de verão será no Paço dos Duques de Bragança.

A Orquestra do Norte, com direção artística de José Ferreira Lobo, iniciará um conjunto de nove espetáculos, em 2016, na Igreja Paroquial de Barco, no dia 18 de março, integrado nas comemorações do 40º aniversário do Grupo Cultural e Recreativo de Barco. Seguem-se concertos no dia 23 de abril, no CCVF, no âmbito das comemorações dos 150 anos da Associação Artística Vimaranense. Haverá ainda espetáculos musicais em três vilas, mais precisamente a 27 de maio (S. Torcato), 24 de junho (Moreira de Cónegos), 15 de julho (local a definir) e 13 de agosto (Ronfe), incluídos no programa de descentralização cultural “ExcentriCidade”.

No último trimestre de 2016, a Orquestra do Norte protagoniza três atuações no âmbito do ciclo de concertos para piano, cujo objetivo é homenagear Helena Moreira de Sá e Costa, pianista, concertista e professora com ligações afetivas a Guimarães.

Informação em destaque
Câmara de Guimarães instala mais 10 mil luminárias LED no concelho
22 de Novembro, 2017
"Semana da Ciência & Tecnologia" dentro e fora do Curtir Ciência
21 de Novembro, 2017
CMG assina protocolo para reabilitar Igreja Românica de Serzedelo
21 de Novembro, 2017
Concerto de Música de Câmara Russa adiado
19 de Novembro, 2017
André Coelho Lima mandatário distrital de Rui Rio
21 de Novembro, 2017
BGUM comemora 25 anos
21 de Novembro, 2017
Publicidade