Prémio de História Alberto Sampaio vai voltar a ser atribuído
29 de Dezembro, 2015

Depois de um interregno de sete anos, o Prémio de História Alberto Sampaio vai voltar a ser atribuído. Com um novo regulamento e a tutela da Academia das Ciências de Lisboa, o prémio tem o valor monetário de 6000 euros e será atribuído anualmente.

O objetivo é homenagear a figura de Alberto Sampaio e incentivar os estudos de investigação histórica, no âmbito económico e social, sem excluir outros domínios associados ao legado do historiador. A última edição do prémio teve lugar em 2008, ano do centenário da morte de Alberto Sampaio.

Agora, várias entidades juntaram esforços no sentido de reabilitá-lo e atribuir-lhe uma dimensão nacional. Para isso, convidaram a Academia das Ciências a assumir a responsabilidade pela tutela científica e integrar a comissão à qual competirá ‘promover a cooperação interinstitucional e desenvolver todas as iniciativas' necessárias à atribuição do prémio.

A organização da cerimónia irá realizar-se de forma rotativa nas cidades de Guimarães, Famalicão e Braga, e estará entregue às seguintes instituições: Sociedade Martins Sarmento e Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães; Arquivo Municipal Alberto Sampaio, em Famalicão; e Escola Secundária Alberto Sampaio, em Braga.

Informação em destaque
Casa da Memória vence Prémio Europeu de Turismo Cultural Sustentável
23 de Setembro, 2017
Bombeiros de Guimarães recrutam novos voluntários
23 de Setembro, 2017
Jornadas Europeias do Património 2017
22 de Setembro, 2017
Centro de Línguas da UMinho comemora oito anos
23 de Setembro, 2017
Sábado: Agenda de Campanha
23 de Setembro, 2017
Noite Europeia dos Investigadores regressa ao Curtir Ciência
23 de Setembro, 2017
Publicidade