Prémio de História Alberto Sampaio vai voltar a ser atribuído
29 de Dezembro, 2015

Depois de um interregno de sete anos, o Prémio de História Alberto Sampaio vai voltar a ser atribuído. Com um novo regulamento e a tutela da Academia das Ciências de Lisboa, o prémio tem o valor monetário de 6000 euros e será atribuído anualmente.

O objetivo é homenagear a figura de Alberto Sampaio e incentivar os estudos de investigação histórica, no âmbito económico e social, sem excluir outros domínios associados ao legado do historiador. A última edição do prémio teve lugar em 2008, ano do centenário da morte de Alberto Sampaio.

Agora, várias entidades juntaram esforços no sentido de reabilitá-lo e atribuir-lhe uma dimensão nacional. Para isso, convidaram a Academia das Ciências a assumir a responsabilidade pela tutela científica e integrar a comissão à qual competirá ‘promover a cooperação interinstitucional e desenvolver todas as iniciativas' necessárias à atribuição do prémio.

A organização da cerimónia irá realizar-se de forma rotativa nas cidades de Guimarães, Famalicão e Braga, e estará entregue às seguintes instituições: Sociedade Martins Sarmento e Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães; Arquivo Municipal Alberto Sampaio, em Famalicão; e Escola Secundária Alberto Sampaio, em Braga.

Informação em destaque
Universidade Sénior Teófilo Braga inaugura instalações
20 de Janeiro, 2018
Cantar dos Reis no Paço dos Duques e nas Taipas
20 de Janeiro, 2018
Centro de Estudos do Desporto – Guimarães
19 de Janeiro, 2018
'Turismo enogastronómico em Guimarães'
20 de Janeiro, 2018
Luís Soares eleito presidente do PS/Guimarães
20 de Janeiro, 2018
Festas em honra de S. Sebastião e Santo Amaro
20 de Janeiro, 2018
Publicidade