Coligação “Juntos Por Guimarães”: Segurança no Centro Histórico
06 de Novembro, 2015
Face aos incidentes do passado fim-de-semana no Centro Histórico de Guimarães, a Coligação 'Juntos Por Guimarães' defende, em comunicado, que segurança e videovigilância “são temas que não devem ser objeto de discussão ou debate na sequência de uma tragédia”.
A Coligação “recomenda aos agentes políticos uma postura de serenidade que não contribua para o alarme social e que não perturbe uma discussão que há muito deveria e poderia ter sido feita”, notando que os membros da Coligação são “favoráveis à videovigilância na zona classificada”.
No mesmo comunicado, pode ler-se que “a tomada de posições públicas apressadas, ainda sem que fossem conhecidos os factos, ou a ponderação de opções políticas com base em eventos trágicos como os que recentemente ocorreram podem representar imaturidade, imponderação e até ausência do sentido de responsabilidade que se exige nestes momentos”.
A Coligação 'Juntos Por Guimarães' aponta que “de facto Guimarães tem sido surpreendida com uma sucessão de eventos trágicos num curto espaço de tempo. Mas que são matéria do foro policial e forense, não são matérias do foro político”.
Informação em destaque
Centro Social de Nespereira (CSN) celebra 35 Anos
14 de Setembro, 2019
Guimarães afirma-se pólo nacional no domínio da Inteligência Artificial
14 de Setembro, 2019
Seguro Escolar abrange alunos que usam bicicleta
13 de Setembro, 2019
Exposição "Antigos Instrumentos de Tortura
13 de Setembro, 2019
EL: Agenda Pré-Campanha
13 de Setembro, 2019
Mais de 800 ex-estudantes da UMinho juntam-se em Guimarães
14 de Setembro, 2019
Publicidade