Faltam funcionários no Dep. de Serviços Urbanos e Ambiente
14 de Julho, 2015

A falta de funcionários no Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente da autarquia está a ter impacto na manutenção dos jardins da cidade.

O assunto foi levado à reunião de câmara antes do período da ordem do dia pelo vereador da CDU, Torcato Ribeiro, que acusou a autarquia de “falta de zelo” em alguns jardins, apontando como exemplo a degradação visivel e notória do jardim existente na Rua Oneca Mendes, na freguesia de Creixomil.

A situação foi assumida pelo vice-presidente da autarquia, Amadeu Portilha, que admitiu que o Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente perdeu "cerca de uma centena de funcionários" no último mandato devido às imposições da Lei do Orçamento de Estado.

Amadeu Portilha disse ainda que a autarquia tem optado por substituir as equipas que eram fixas, criando equipas móveis, de maneira a cobrir todos os espaços com os recursos existentes.

Informação em destaque
Espetáculo evoca lendas de Guimarães
22 de Julho, 2017
Festivais de Folclore em Pevidém, Serzedelo e VNSande
22 de Julho, 2017
Universidade do Minho atribui prémio a jovens designers
22 de Julho, 2017
Emília Gonçalves apresenta livro de poemas
22 de Julho, 2017
CJpG: Salvador Caeiro Brás candidato a Azurém
22 de Julho, 2017
Noites de Verão, em Creixomil
22 de Julho, 2017
Publicidade