PDM privilegia atividades económicas e aumenta área verde
17 de Abril, 2015
A Câmara Municipal de Guimarães aprovou a proposta de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), documento estratégico que define as regras para o uso, ocupação e gestão do território, com forte impacto na vida do Município, que influencia a realização de projetos, intenções, investimentos e obras a concretizar.
Na proposta apresentada por Domingos Bragança, aprovada em reunião do Executivo Municipal realizada esta quinta-feira, o novo PDM privilegia a atividade económica e aumenta a área verde disponível, reduzindo a área de construção em cerca de 20%.
Relativamente à área de construção disponível, verifica-se um aumento da densidade de construção para favorecer a criação de núcleos populacionais.
O presidente da câmara, Domingos Bragança, sublinhou que a nova orientação aponta para o combate à dispersão da construção.
O Plano Diretor Municipal de Guimarães será agora remetido para aprovação em sede de Assembleia Municipal e posterior publicação em Diário da República, entrando de imediato em vigor.
Até à resolução de uma ação judicial em curso, relativamente à classificação de um terreno da Cidade Desportiva, a Câmara Municipal assumiu o compromisso de transpor na íntegra a decisão do tribunal para o PDM.
Informação em destaque
Mulher que ateou fogo à casa com os filhos lá dentro fica em liberdade
25 de Abril, 2017
Detenção por resistência e coação a Agente de Autoridade
24 de Abril, 2017
“Livre com um Livro” na PAC
23 de Abril, 2017
"Culminar" de Guilherme Glória
25 de Abril, 2017
Comemorações 25 de Abril
25 de Abril, 2017
‘Sons da Liberdade’ no CCVF
24 de Abril, 2017
Publicidade