PS acusa governo de discriminar o AE das Taipas
02 de Março, 2015
Os líderes das Bancadas Socialistas na Assembleia de Freguesia de Caldelas e de S. Martinho de Sande e os Presidentes da Junta de Freguesia de Longos e das Uniões de Freguesia de Balazar e S. Lourenço de Sande e ainda de Vila Nova e S. Clemente de Sande apelidam o Governo PSD/CDS de 'reacionário', a propósito da nova portaria publicada na sexta-feira e que retira do quadro do Agrupamento de Escolas das Taipas, mais um professor de Educação Especial. Em nota enviada à imprensa, os socialistas acusam o governo de ser 'irresponsável' e de atacar 'a educação pública desperdiçando recursos e diminuindo a eficácia do sistema de ensino'.
Depois de no ano letivo de 2014/2015, apesar do número de alunos de Educação Especial ter aumentado, o Ministério ter cortado mais de 50% do número de professores do quadro, reduzindo de nove para cinco professores, a nova Portaria aponta para nova redução do número de professores, desta feita retirando mais um professor.
Neste âmbito foi já diulgado que os deputados da Assembleia da República Jacinto Serrão (Grupo de Trabalho de Educação Especial da Comissão de Educação) e a Deputada Sónia Fertuzinhos (eleita pelo círculo de Braga) visitarão o Agrupamento das Taipas.
Informação em destaque
Candidaturas para a Oficina do Empreendedor
20 de Setembro, 2019
Colocados todos os Professores de Artes Performativas
19 de Setembro, 2019
Orquestra da UMinho atua em Braga e Guimarães
19 de Setembro, 2019
"Musikalidades" na BMRB
20 de Setembro, 2019
EL: Agenda de Pré-Campanha
20 de Setembro, 2019
UMinho debate inovação e flexibilidade na educação
20 de Setembro, 2019
Publicidade