BE questiona governo sobre fusão de hospitais
26 de Fevereiro, 2015
O Bloco de Esquerda questionou o Governo no sentido de saber se está em cima da mesa a possibilidade de fundir os hospitais de Guimarães, Famalicão e Barcelos num centro hospitalar.
Em caso de resposta afirmativa, os bloquistas qurem saber quais os motivos que justificam esta possibilidade e se o Governo considera exequível assegurar a complementaridade necessária entre unidades hospitalares de um centro hospitalar perante três hospitais que servem uma população de cerca de 500 mil pessoas e que se situam a distâncias consideráveis entre si.
As dúvidas sobre esta matéria surgem depois de o Ministro da Saúde, Paulo Macedo, aquando de uma visita ao Centro Hospitalar do Alto Ave, ter apontado a possibilidade dos hospitais de Guimarães, Famalicão e Barcelos poderem fundir-se num centro hospitalar, estratégia que supostamente contribuiria para evitar a perda de valências, e que de resto foi já defendida pelo presidente da câmara de Guimarães, Domingos Bragança.
Informação em destaque
Projeto do Município concorre ao Prémio de Boas Práticas de Participação
18 de Fevereiro, 2018
«Histórias de Cântaros e Cantarinhas» na Casa da Memória
18 de Fevereiro, 2018
Cientistas falam de construções antissísmicas e tratamento do cancro
17 de Fevereiro, 2018
Quarteto de Cordas de Guimarães vai atuar na Polónia
15 de Fevereiro, 2018
CMG aprova regulamento para Centro de Recolha Oficial
14 de Fevereiro, 2018
Fim-de-semana da Lampreia em Barcelos
16 de Fevereiro, 2018
Publicidade