Centro Ciência Viva abre este ano em Guimarães
13 de Janeiro, 2015
O Município de Guimarães, a Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e a Universidade do Minho assinaram esta segunda-feira, um protocolo para a atribuição do estatuto de “Centro Ciência Viva” ao projeto que se encontra a ser instalado na antiga fábrica Âncora, no Campus Universitário de Couros, em Guimarães.
O acordo foi formalizado durante a cerimónia de inauguração da exposição “Era uma vez... Ciência para quem gosta de histórias”, no Instituto de Design.
Para Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, este é «um projeto inspirador», cujo espaço será ocupado pela «moderna museologia científica».
O Reitor António M. Cunha congratulou-se pela oficialização da parceria no sentido de «divulgar ciência no espaço de Couros da Universidade do Minho».
Informação em destaque
Detenções por condução sob o efeito do álcool
27 de Março, 2017
Deputado Pedro Soares visita à ETAR de Serzedo
27 de Março, 2017
Secretário de Estado da Juventude e Desporto no distrito de Braga
27 de Março, 2017
Exposição “Leonardo da Vinci. O Inventor”
27 de Março, 2017
Daniel Salazar é o candidato da CDU a Ponte
27 de Março, 2017
Guimarães assinala "Hora do Planeta"
25 de Março, 2017
Publicidade