CVE: Executivo aprova documento para candidatura
29 de Dezembro, 2014
O executivo vimaranense aprovou, na última reunião de câmara, o documento estratégico de suporte que prevê que Guimarães se candidate, em 2017, a Capital Verde Europeia.
Um título que, a ser aceite, será atribuído à cidade em 2020.
A proposta, realizada em conjunto com a Universidade do Minho, foi aprovada por unanimidade. O vereador da CDU, Torcato Ribeiro, enalteceu o percurso que se quer fazer em Guimarães, no que concerne às questões ambientais.
Mas apesar da proposta merecer a unanimidade do executivo vimaranense, foi alvo de críticas por parte do vereador do PSD, nomeadamente face à actuação do autarca até ao momento. André Coelho Lima acusa Domingos Bragança de se comprometer com datas para a realização da candidatura, que depois acabaram por ser adiadas.
Ora, em resposta, o autarca Domingos Bragança considerou que as “críticas” apresentadas não passaram de “detalhes”, referindo que o importante “não é cumprir calendário, mas apresentar uma candidatura bem sustentada”.
Informação em destaque
EB de Igreja em Briteiros S. Salvador promoveu Escola Aberta
20 de Maio, 2019
AVCPV constrói ‘passadeira solidária’
19 de Maio, 2019
Confraternização de Ponte a S. Torcato realiza-se domingo
19 de Maio, 2019
Exposição de escultor vimaranense na FLUPorto
20 de Maio, 2019
Eco Parlamento junta alunos de oito agrupamentos
20 de Maio, 2019
OPJovem Vizela: Apresentação pública das propostas
20 de Maio, 2019
Publicidade