CVE: Executivo aprova documento para candidatura
29 de Dezembro, 2014
O executivo vimaranense aprovou, na última reunião de câmara, o documento estratégico de suporte que prevê que Guimarães se candidate, em 2017, a Capital Verde Europeia.
Um título que, a ser aceite, será atribuído à cidade em 2020.
A proposta, realizada em conjunto com a Universidade do Minho, foi aprovada por unanimidade. O vereador da CDU, Torcato Ribeiro, enalteceu o percurso que se quer fazer em Guimarães, no que concerne às questões ambientais.
Mas apesar da proposta merecer a unanimidade do executivo vimaranense, foi alvo de críticas por parte do vereador do PSD, nomeadamente face à actuação do autarca até ao momento. André Coelho Lima acusa Domingos Bragança de se comprometer com datas para a realização da candidatura, que depois acabaram por ser adiadas.
Ora, em resposta, o autarca Domingos Bragança considerou que as “críticas” apresentadas não passaram de “detalhes”, referindo que o importante “não é cumprir calendário, mas apresentar uma candidatura bem sustentada”.
Informação em destaque
ESFH: XXXVI Semana Aberta
28 de Março, 2017
Detenções por condução sob o efeito do álcool
27 de Março, 2017
Deputado Pedro Soares visita à ETAR de Serzedo
27 de Março, 2017
Cineclube exibe "O Vencedor Forushande"
28 de Março, 2017
Vice Primeiro Ministro da Guiné Equatorial visita UNU-EGOV
28 de Março, 2017
UMinho lança JobLab
28 de Março, 2017
Publicidade