S.Torcato quer ser Capital Municipal da Cultura Popular
11 de Dezembro, 2014

S.Torcato quer ser classificada como a Capital Municipal da Cultura Popular.

O desafio foi lançado pelo Presidente da Junta de Freguesia, Bruno Fernandes, no decorrer da quarta reunião de Câmara descentralizada realizada, esta quinta-feira, no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola EB 2,3 de São Torcato. Bruno Fernandes lançou ainda a ideia para que em 2016, assinalando o galardão e partindo daquilo que são já os eventos culturais de cariz popular que a Vila tem, “seja elaborada uma proposta de programação cultural”. Já no final da reunião camarária, em declarações aos jornalistas, o autarca vimaranense, Domingos Bragança, considerou a ideia interessante e “com pernas para andar”.

A ideia agradou e é vista “com bons olhos”, também, pelos partidos com assento no executivo. O vereador do PSD, André Coelho Lima, disse que “faz todo o sentido” a atribuição deste galardão a S.Torcato, “terra com forte movimento associativo e onde se realizam eventos de cariz popular ao longo de todo o ano”. O vereador da CDU comunga da mesma ideia. Torcato Ribeiro entende que S.Torcato “tem características para adoptar o estatuto de Capital Municipal da Cultura Popular”. A proposta será agora analisada pelo pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Guimarães.

Foto: Paulo Pacheco (CMG)

Informação em destaque
Parlamento dos Jovens no Colégio do Ave
18 de Janeiro, 2019
Concurso de Ideias Projeto Empreendedorismo 2018/19
17 de Janeiro, 2019
“Portugal 2020 – Incentivos ao Investimento”
16 de Janeiro, 2019
Noite de Reis na ADCL
18 de Janeiro, 2019
Estrutura de Missão convoca vimaranenses
18 de Janeiro, 2019
Prisão preventiva para suspeitos de tráfico
18 de Janeiro, 2019
Publicidade