PSD: 'Início do ano lectivo pode estar comprometido'
08 de Setembro, 2014
A poucos dias do início do novo ano lectivo ainda não há resposta à providência cautelar interposta pela câmara de Guimarães, em Julho passado, para tentar travar o anunciado encerramento de três escolas do 1.º ciclo do concelho.
Recorde-se que em causa estão as escolas de Gonça, Rendufe e Souto S. Salvador, todas previsivelmente com mais de 21 alunos.
A preocupação foi levada à última reunião de executivo pela vereadora da Coligação PSD / CDS-PP, Helena Soeiro que diz que seja qual for o cenário, de continuidade ou tranferência nos estabelecimentos de ensino, o processo está atrasado e o incio do ano lectivo comprometido para as crianças.
Helena Soeiro responsabiliza a autarquia vimaranense neste processo por não ter agido em tempo últil.
Informação em destaque
Projeto do Município concorre ao Prémio de Boas Práticas de Participação
18 de Fevereiro, 2018
«Histórias de Cântaros e Cantarinhas» na Casa da Memória
18 de Fevereiro, 2018
Cientistas falam de construções antissísmicas e tratamento do cancro
17 de Fevereiro, 2018
Quarteto de Cordas de Guimarães vai atuar na Polónia
15 de Fevereiro, 2018
CMG aprova regulamento para Centro de Recolha Oficial
14 de Fevereiro, 2018
Fim-de-semana da Lampreia em Barcelos
16 de Fevereiro, 2018
Publicidade