Domingos Bragança pediu revogação de portaria
18 de Junho, 2014
Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães solicitou ao Ministro da Saúde a revogação da Portaria que classifica no Grupo I o Centro Hospitalar do Alto Ave e que lhe pode retirar, no todo ou em parte, vários serviços como Gastroenterologia, Cardiologia e Cuidados Intensivos Cardíacos, Neonatologia, incluindo a Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais, Obstetrícia e Ginecologia, Dermatologia, entre outros.
O autarca solicitou a integração do Hospital de Guimarães no Grupo II, tendo em conta que existem unidades hospitalares de igual ou menor dimensão e com menor diferenciação que estão integradas nesse grupo.
O diálogo entre o presidente do Município de Guimarães e o Ministro da Saúde decorreu durante um almoço realizado no final da conferência “Mudar a demografia, nascer seguro em Guimarães”, no âmbito do 10º aniversário do Centro de Procriação Medicamente Assistida (CPMA) do Centro Hospitalar do Alto Ave.
Durante a sessão, o Ministro da Saúde disse que garantia a continuidade da maternidade no Centro Hospitalar do Alto Ave.
Informação em destaque
Peditório da LPCC rendeu mais de 46 mil euros em Guimarães
17 de Janeiro, 2020
“Encontro de Reis – Idosos” no Multiusos
16 de Janeiro, 2020
MP investiga desaparecimento de homem em Guimarães
15 de Janeiro, 2020
Exposição "Antigos Instrumentos de Tortura"
17 de Janeiro, 2020
Guimarães desperta consciência ecológica dos jovens
17 de Janeiro, 2020
Arte Rupestre do Vale do Côa na Nova Galeria do Paço
17 de Janeiro, 2020
Publicidade