Domingos Bragança pediu revogação de portaria
18 de Junho, 2014
Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães solicitou ao Ministro da Saúde a revogação da Portaria que classifica no Grupo I o Centro Hospitalar do Alto Ave e que lhe pode retirar, no todo ou em parte, vários serviços como Gastroenterologia, Cardiologia e Cuidados Intensivos Cardíacos, Neonatologia, incluindo a Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais, Obstetrícia e Ginecologia, Dermatologia, entre outros.
O autarca solicitou a integração do Hospital de Guimarães no Grupo II, tendo em conta que existem unidades hospitalares de igual ou menor dimensão e com menor diferenciação que estão integradas nesse grupo.
O diálogo entre o presidente do Município de Guimarães e o Ministro da Saúde decorreu durante um almoço realizado no final da conferência “Mudar a demografia, nascer seguro em Guimarães”, no âmbito do 10º aniversário do Centro de Procriação Medicamente Assistida (CPMA) do Centro Hospitalar do Alto Ave.
Durante a sessão, o Ministro da Saúde disse que garantia a continuidade da maternidade no Centro Hospitalar do Alto Ave.
Informação em destaque
Universidade Sénior Teófilo Braga inaugura instalações
20 de Janeiro, 2018
Cantar dos Reis no Paço dos Duques e nas Taipas
20 de Janeiro, 2018
Centro de Estudos do Desporto – Guimarães
19 de Janeiro, 2018
'Turismo enogastronómico em Guimarães'
20 de Janeiro, 2018
Luís Soares eleito presidente do PS/Guimarães
20 de Janeiro, 2018
Festas em honra de S. Sebastião e Santo Amaro
20 de Janeiro, 2018
Publicidade