PSD diz que portaria do Ministério da Saúde é ambígua
15 de Abril, 2014
A Comissão Política do PSD-Guimarães considera que a publicação da portaria que categoriza as unidades hospitalares é 'ambígua e de difícil compreensão para o cidadão comum, o que lança na população compreensível e justificada preocupação'.
Ainda assim, os social-democratas dizem, em comunicado enviado às redações, que 'da portaria em questão não se verifica, em momento algum do articulado, qualquer decisão concreta da qual resulte que o Centro Hospitalar do Alto Ave (CHAA) vá perder quaisquer valências até ao final do ano de 2015'.
Pode ainda ler-se que, depois dos esclarecimentos do CHAA e da ARS Norte de que 'a portaria não representa um impacto direto, nem imediato no perfil assistencial das unidades da região Norte', insistir nesta questão, diz o PSD, 'manifesta uma tentativa de instrumentalização da população'.
E aponta críticas ao presidente da Câmara Municipal de Guimarães, referindo que este deveria obter esclarecimentos junto da tutela 'antes de atuar com vista à colheita de benefícios políticos', pode ler-se.
Informação em destaque
Três feridos em acidente na Variante Brito - Pevidém
12 de Dezembro, 2017
PubhD UMinho fecha o ano com “motores biológicos” e casas de emergência
12 de Dezembro, 2017
Festa de Natal vai juntar cerca de mil idosos do concelho
12 de Dezembro, 2017
Exibição dos filmes “Água Mole + A Paixão de Van Gogh”
10 de Dezembro, 2017
Moradores do CH podem pedir isenção de IMI até 3f
10 de Dezembro, 2017
CMG equipa Agrupamentos Escolares com equipamento informático
12 de Dezembro, 2017
Publicidade