PSD acusa socialistas de “manobra pré-eleitoral”
26 de Janeiro, 2021
O vereador do PSD André Coelho Lima acusa a maioria socialista de ‘manobra pré-eleitoral’ no que concerne à celebração de um protocolo de cooperação entre a Direção Regional de Cultura do Norte e o Município de Guimarães, para a execução dos trabalhos de conservação e valorização da igreja de Santa Cristina de Serzedelo.
Trata-se de um novo protocolo, aprovado por unanimidade na reunião de executivo desta semana.
Ora, o social-democrata afirma que, há semelhança do que aconteceu em 2017, mais uma vez o protocolo surge em ano de eleições autárquicas, o que, de acordo com André Coelho Lima, “não demonstra respeito pelas pessoas”. A oposição lançou ainda críticas à demora na concretização da obra e acusa a Direção Regional de Cultura do Norte de ‘incompetência’.
O presidente da Câmara, Domingos Bragança, notou a obra poderá ser lançada ainda neste mês de janeiro, com base num compromisso feito pelo presidente da DRCN.
O protocolo anteriormente aprovado, a 3 de agosto de 2017, vinculava o Município de Guimarães a assumir uma comparticipação de 80 mil euros, num total que deveria ascender a 120 mil euros.
Este novo protocolo mantém o valor que será assumido pelo Município, cabendo à DRCN o pagamento do valor restante, bem como a responsabilidade da execução da obra.
Informação em destaque
Programa Mentorias UMinho 2021 já arrancou
05 de Março, 2021
Nova Ágora 2021 começa esta sexta-feira
05 de Março, 2021
Guimarães implementa projeto que premeia cidadãos que reciclam
05 de Março, 2021
Lions promove debate sobre 'Inteligência Artificial'
05 de Março, 2021
PSD: Bruno Fernandes confirmado como candidato à Câmara
04 de Março, 2021
Circulação entre concelhos volta a estar proibida a partir das 20h
05 de Março, 2021
Publicidade