PSD não entende exclusão de Braga na priorização da vacinação
28 de Dezembro, 2020
Os deputados do PSD eleitos pelo distrito de Braga questionaram a Ministra da Saúde sobre os critérios de priorização do plano de vacinação contra o Covid-19.
Em comunicado enviado às redações, os deputados referem que “não entendem como Coimbra foi abrangida e Braga ficou de fora”.
“Sendo absolutamente compreensível que sejam seguidos critérios de natureza populacional, isto é, que seja seguida uma ordem de prioridade em função da dos locais com mais população, verifica-se, contudo, que o distrito de Coimbra, com uma população residente de 429.714 habitantes, dista muito significativamente da população do distrito de Braga, com uma população residente de 956.185 habitantes”, referiram, os deputados sociais-democratas.
Em face do exposto, nos termos regimentais, os deputados do PSD requereram à Ministra da Saúde esclarecimentos sobre “qual a razão da inclusão do distrito de Coimbra e respetiva unidade hospitalar (Centro Hospitalar Universitário de Coimbra) nos locais que primeiro receberam a vacina contra a Covid-19, em detrimento de regiões mais populosas cujas unidades hospitalares servem uma população significativamente mais alargada”.
Informação em destaque
Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância
19 de Abril, 2021
Paço dos Duques e Castelo assinalam DIMS
18 de Abril, 2021
Teleférico de Guimarães reabriu ao público
18 de Abril, 2021
‘Movimentos Bruxos’ no Palácio Vila Flor
19 de Abril, 2021
Reunião do executivo realiza-se esta segunda-feira
19 de Abril, 2021
Universidade do Minho abre as suas portas em formato online
18 de Abril, 2021
Publicidade