Estrutura de Missão Guimarães 2030 analisou 1º semestre deste ano
02 de Agosto, 2020

O Conselho Executivo da Estrutura de Missão - Guimarães 2030 analisou 1º semestre deste ano, numa reunião que decorreu no Laboratório da Paisagem.

A sessão, presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Guimarães e que juntou todo o executivo municipal, bem como os membros das universidade e instituições de ensino superior parceiras, procurou realizar o balanço do primeiro semestre de 2020 dos trabalhos da Estrutura de Missão.

A execução do Plano de Ação 2020-2021, já apresentado, e a análise de diversas candidaturas a financiamento realizadas, foram alguns dos temas da reunião.

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães sublinhou o caminho que Guimarães tem realizado e de que “são a prova o Plano de Ação para o Desenvolvimento Sustentável e também as diversas candidaturas meritórias que têm sido desenvolvidas”. Domingos Bragança enalteceu “a importância do contínuo envolvimento de todos os parceiros e responsáveis”, desafiando as universidades e instituições parceiras a “continuarem a estar empenhadas neste processo, como até aqui”. O reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro enalteceu “todo o trabalho e empenho”, mostrando a “total disponibilidade da UMinho para continuar a ser parceira dos diferentes projetos integrados no Plano de Ação”.

Também Alberto Baptista, pró-reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Delfina Soares, diretora da Universidade das Nações Unidas e Maria José Fernandes, presidente do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, garantiram a vontade e desejo de continuarem a contribuir para o cumprimentos do Plano de Ação nas suas diferentes vertentes.

Igualmente presente na sessão, António Cunha, Presidente do Gabinete de Crise para a Transição Económica, enalteceu a importância da “transição digital em sintonia com a sustentabilidade ambiental”. Também a presidente do Laboratório da Paisagem e Vereadora do Ambiente, Sofia Ferreira, deu nota do “esforço que tem sido desenvolvido para integrar as diferentes instituições parceiras” nos projetos que visam “contribuir para o desenvolvimento sustentável de Guimarães”, congratulando “a equipa do Laboratório da Paisagem pela colaboração que tem tido no desenvolvimento dos projetos que estão em linha com os desígnios do município”.

A reunião contou, também, com a presença, por videoconferência, dos membros do Comité Externo de Aconselhamento, presidido pelo Ex-Prémio Nobel da Paz Mohan Munasinghe, e que integra personalidades como Jane Carruthers, professora especialista em história ambiental e Will Wynn, ex-Mayor de Austin, responsável pelas mudanças na área energética naquele estado americano.

O comité mostrou-se “entusiasmado pelo trabalho, dedicação e pelos progressos que Guimarães tem vindo a fazer”, considerando que, numa altura em que se reconhece “que o mundo nunca mais será o mesmo e que os anos de 2022 e 2023 serão críticos”, por causa do atual contexto pandémico, “Guimarães demonstra estar a preparar-se para as mudanças que se adivinham”.

O Conselho Executivo teve ainda oportunidade de projetar o próximo semestre da Estrutura de Missão e todos os desafios e projetos que se concluirão até ao final do presente ano.

Informação em destaque
GNR Guimarães – Apreensão de plantas de canábis
29 de Setembro, 2020
Parceria entre o Hospital de Guimarães e o ACES Alto Ave
29 de Setembro, 2020
UMinho tem três novos estudantes com nota 20
29 de Setembro, 2020
Westway LAB 2020
29 de Setembro, 2020
Assembleia Municipal reúne por vídeoconferência
28 de Setembro, 2020
Deputada do PCP reúne com ACES do Alto Ave
28 de Setembro, 2020
Publicidade