PSD defende reflexão sobre perda de população no concelho
21 de Julho, 2020

A perda de população que o concelho de Guimarães tem registado tem de ser alvo de reflexão.

A ideia é defendida pelo PSD. O vereador Bruno Fernandes lançou a questão esta semana em sede de reunião de executivo, referindo os dados do Instituto Nacional de Estatística que mostram que Guimarães vem a perder população há mais de duas décadas. Só nos últimos oito anos, o concelho perdeu 5739 habitantes.

O presidente da Câmara, Domingos Bragança, identifica a causa como sendo a falta de terrenos urbanizáveis e consequente falta de oferta de habitação nas freguesias de franja do concelho, nomeadamente as que estão próximas de Vizela, Fafe e Famalicão.

O autarca, que falava ontem em sede de reunião de câmara, referiu que, sem prejuízo de um planeamento urbanístico tecnicamente capaz, é necessário que o Plano Diretor Municipal tenha em conta as reais necessidades das populações.

Em relação ao centro da cidade, Domingos Bragança destacou as políticas que estão em curso e que têm como objetivo a criação de zonas de habitação de custo acessível, para dar resposta às famílias com rendimentos médios. Exemplos dessas políticas são os projetos do Monte Cavalinho e da requalificação da zona entre a Avenida D. João IV e a Rua do Colégio Militar.

Informação em destaque
Guimarães: comemorações do Dia da Língua Portuguesa
10 de Abril, 2021
Caldas das Taipas homenageia antigos combatentes
10 de Abril, 2021
Consagração da Cidade de Guimarães no Alto da Penha
09 de Abril, 2021
Exposição "500 anos do Correio em Portugal"
10 de Abril, 2021
CMG aprova transferência de 600 mil euros para freguesias
10 de Abril, 2021
Colóquio da UMinho apresenta 18 projetos sobre migrações
09 de Abril, 2021
Publicidade