CDS defende medidas de apoio à retoma da economia
11 de Maio, 2020

O grupo parlamentar do CDS na Assembleia Municipal de Guimarães defende uma intervenção rápida e firme com medidas que apoiem a retoma da atividade económica, designadamente, nas micro e pequenas empresas do comércio local, com particular destaque, para as empresas do sector da restauração.

Neste âmbito, os centristas, em nota enviada às redações, recomendam à Câmara Municipal a adoção de várias medidas, nomeadamente autorizar o alargamento dos espaços de esplanada de forma a permitir aos estabelecimentos de hotelaria e restauração que cumpram com as medidas de distanciamento social, minimizando o impacto da obrigatoriedade de redução para 50% da capacidade interior do estabelecimento, isentando as taxas de ocupação durante o ano de 2020, bem como a isenção das taxas municipais para o comércio de rua e para os agentes económicos que ficaram completamente encerrados desde o início do estado de emergência.

É ainda proposto o adiamento da prestação do pagamento do IMI referente ao mês de maio e permitir a sua regularização nas prestações e julho e novembro, mantendo este regime de exceção até final do ano de 2020.

Informação em destaque
Guimarães apresenta hoje risco máximo de incêndio
06 de Agosto, 2020
“Creixomil de mãos dadas”
05 de Agosto, 2020
Urban Light Garden
05 de Agosto, 2020
32ª edição de Cinema em Noites de Verão
06 de Agosto, 2020
Taipas:Adjudicado projeto de arquitetura para Posto da GNR
05 de Agosto, 2020
Circo Contemporâneo do INAC no Anima-te
04 de Agosto, 2020
Publicidade