Plano Preventivo: CIM desagradada por Norte não ser prioridade
01 de Abril, 2020

A CIM do Ave veio já a público mostrar o seu desagrado por a região norte não ser prioridade no Plano Preventivo do Governo de Portugal.

Em nota enviada às redações, a Comunidade Intermunicipal refere que sendo o Norte a zona mais afetada do país pela Covid-19 não faz sentido que o Plano que prevê a realização de testes em lares de idosos não esteja já implementado no território.

Perante este cenário, os oito municípios que constituem a CIM - Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Vizela – mostraram já o seu desagrado com esta decisão do Governo, afirmando a sua total solidariedade para com as Instituições da Zona Norte.

Informação em destaque
CERCIGUI constrói o maior puzzle da região
17 de Janeiro, 2021
Trânsito condicionado no nó de Silvares
16 de Janeiro, 2021
Covid-19: 466 novos casos registados numa semana
15 de Janeiro, 2021
BabeliUM promove oferta diversificada em línguas
17 de Janeiro, 2021
Trânsito interdito na Rua Gil Vicente para obras
17 de Janeiro, 2021
IPMA: distrito de Braga em alerta devido ao frio
15 de Janeiro, 2021
Publicidade