Unidade Hemodinâmica: Ministra vai nomear equipa para avaliar funcionamento
26 de Fevereiro, 2020

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, reuniu-se com a Ministra a Saúde, Marta Temido, no sentido de solucionar a abertura da Unidade de Hemodinâmica criada no Hospital da Senhora da Oliveira.

Domingos Bragança anunciou que será criada uma equipa de trabalho tendo em vista a alteração da Rede de Referenciação a fim de estabelecer uma parceria entre os Hospitais de Guimarães e Braga na partilha de recursos.

“A senhora Ministra da Saúde vai nomear uma equipa técnica de saúde e jurídica para avaliar o funcionamento que se pretende para o Centro de Hemodinâmica do Hospital de Guimarães. Esse trabalho consistirá em alterar as redes de referenciação hospitalares como propor uma parceria entre os Hospitais de Guimarães e Braga, assim como resolver o financiamento em falta porque os contributos dados pelos vimaranenses através de mecenato correspondem a cerca de 30 a 40% do custo do Centro de Hemodinâmica, sendo os restantes 60% financiados por um acordo que não pode ser classificado como mecenato e terá de ser anulado por não ter enquadramento legal”, explicou Domingos Bragança na reunião do Executivo Municipal, realizada na segunda-feira.

O Presidente da Câmara destacou a “abertura” do Ministério da Saúde para resolver este impasse, assumindo o Governo o pagamento do valor em falta, apesar do contributo parcial dos vimaranenses na criação do laboratório de hemodinâmica, para a realização de cateterismos.

“Queremos que este Centro de Hemodinâmica seja colocado a funcionar, depois da equipa de técnicos de saúde e jurídica ultrapassar as questões que atrasaram este processo. Não está em causa a generosidade dos vimaranenses, o problema é que há 60% do custo deste Centro que resulta de um “acordo comercial” que não cumpre as regras da concorrência e terá de ser o Ministério da Saúde a assumir essa verba”.

O Ministério da Saúde vai criar ainda uma equipa de trabalho tendo em vista alterar a Rede de referenciação, que permitirá criar as condições necessárias, ao nível do funcionamento e financiamento da nova Unidade de Hemodinâmica do Hospital da Senhora da Oliveira, numa partilha de serviços e recursos com o Hospital de Braga.

A entrada em funcionamento do novo laboratório de Hemodinâmica permitirá, por exemplo, que os doentes coronários possam realizar cateterismos cardíacos e angioplastias no Hospital de Guimarães, na enorme área geográfica da sua abrangência.

Informação em destaque
COVID-19: JF Urgezes promove projeto “Por Si, Nós Vamos”
30 de Março, 2020
CTT reabrem em Moreira de Cónegos
30 de Março, 2020
Covid-19: 94 casos confirmados em Guimarães
30 de Março, 2020
Covid-19: Linha Serviço Cardiologia no HSO
30 de Março, 2020
Conselho Consultivo para a Economia reúne esta segunda-feira
30 de Março, 2020
IPCA cria aplicação para pedir medicamentos às farmácias
30 de Março, 2020
Publicidade