Unidade Hemodinâmica: Ministra vai nomear equipa para avaliar funcionamento
26 de Fevereiro, 2020

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, reuniu-se com a Ministra a Saúde, Marta Temido, no sentido de solucionar a abertura da Unidade de Hemodinâmica criada no Hospital da Senhora da Oliveira.

Domingos Bragança anunciou que será criada uma equipa de trabalho tendo em vista a alteração da Rede de Referenciação a fim de estabelecer uma parceria entre os Hospitais de Guimarães e Braga na partilha de recursos.

“A senhora Ministra da Saúde vai nomear uma equipa técnica de saúde e jurídica para avaliar o funcionamento que se pretende para o Centro de Hemodinâmica do Hospital de Guimarães. Esse trabalho consistirá em alterar as redes de referenciação hospitalares como propor uma parceria entre os Hospitais de Guimarães e Braga, assim como resolver o financiamento em falta porque os contributos dados pelos vimaranenses através de mecenato correspondem a cerca de 30 a 40% do custo do Centro de Hemodinâmica, sendo os restantes 60% financiados por um acordo que não pode ser classificado como mecenato e terá de ser anulado por não ter enquadramento legal”, explicou Domingos Bragança na reunião do Executivo Municipal, realizada na segunda-feira.

O Presidente da Câmara destacou a “abertura” do Ministério da Saúde para resolver este impasse, assumindo o Governo o pagamento do valor em falta, apesar do contributo parcial dos vimaranenses na criação do laboratório de hemodinâmica, para a realização de cateterismos.

“Queremos que este Centro de Hemodinâmica seja colocado a funcionar, depois da equipa de técnicos de saúde e jurídica ultrapassar as questões que atrasaram este processo. Não está em causa a generosidade dos vimaranenses, o problema é que há 60% do custo deste Centro que resulta de um “acordo comercial” que não cumpre as regras da concorrência e terá de ser o Ministério da Saúde a assumir essa verba”.

O Ministério da Saúde vai criar ainda uma equipa de trabalho tendo em vista alterar a Rede de referenciação, que permitirá criar as condições necessárias, ao nível do funcionamento e financiamento da nova Unidade de Hemodinâmica do Hospital da Senhora da Oliveira, numa partilha de serviços e recursos com o Hospital de Braga.

A entrada em funcionamento do novo laboratório de Hemodinâmica permitirá, por exemplo, que os doentes coronários possam realizar cateterismos cardíacos e angioplastias no Hospital de Guimarães, na enorme área geográfica da sua abrangência.

Informação em destaque
‘Pinheiro’ erguido esta madrugada
02 de Dezembro, 2020
Programa de Natal em Guimarães apresentado esta 4ª feira
02 de Dezembro, 2020
Guimarães assinala Dia Internacional dos Voluntários
02 de Dezembro, 2020
“Palácio”: nova mostra coletiva no Palácio Vila Flor
02 de Dezembro, 2020
São Faustino vai ter um parque de natureza e de lazer
02 de Dezembro, 2020
AAUM: eleições para os órgãos sociais esta quarta-feira
02 de Dezembro, 2020
Publicidade