HSO: CDS questiona governo sobre unidade de diagnóstico
26 de Novembro, 2019

Numa pergunta dirigida à ministra da Saúde, o deputado Telmo Correia quer saber qual a razão para o atraso na emissão dos pareceres necessários para o funcionamento da Unidade de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular do Hospital da Senhora da Oliveira de Guimarães, e se, atendendo ao tempo já decorrido, quando prevê a ministra a entrada em funcionamento daquele serviço.

A Unidade de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular (UDIC) do Serviço de Cardiologia do Hospital de Guimarães está pronta a funcionar desde o passado mês de outubro de 2018, mas ainda não dispõe da necessária autorização para que tal possa acontecer.

Esta Unidade teve um investimento que ascendeu a cerca de 2,5 milhões de euros e resultou de uma iniciativa de mecenas, envolvendo a Liga dos Amigos do Serviço de Cardiologia, que permitiu reunir os meios necessários para a sua efetivação. No entanto, apesar de estar concluída há mais de um ano, ainda aguarda a autorização do Ministério da Saúde para iniciar o seu funcionamento.

De acordo com o CDS, em março do corrente ano, a Ministra da Saúde referiu que a entrada em funcionamento desta Unidade de Cardiologia de Intervenção e Diagnóstico, estava dependente dos pareceres da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS) e da Administração Central dos Sistemas de Saúde (ACSS).

Informação em destaque
Covid-19: 177 casos confirmados em Guimarães
05 de Abril, 2020
CIMs pedem urgência no reforço da prevenção nos lares de idosos
05 de Abril, 2020
ES Taipas promove campanha “Ajude quem quer aprender”
04 de Abril, 2020
Funcionamento da Área Dedicada à COVID-19 no CS da Amorosa
04 de Abril, 2020
JF Urgezes promove projeto “Por Si, Nós Vamos”
04 de Abril, 2020
UMinho: campanha de recolha de computadores
05 de Abril, 2020
Publicidade