Requalificação dos Fornos da Cruz de Pedra atrasada
13 de Maio, 2019

O presidente da Câmara de Guimarães assume a culpa no atraso da obra de requalificação dos Fornos da Cruz de Pedra. Domingos Bragança falava à margem da última reunião de executivo vimaranense, no âmbito da discussão e votação da proposta que inclui a zona da Cruz de Pedra na Operação de Reabilitação Urbana da ARU (Área de Reabilitação Urbana) do centro da cidade.

O autarca reconheceu que havia anunciado o início da obra, o que não veio a acontecer, mas que o foco agora é avançar e criar uma escola de olaria.

Do lado da oposição, o vereador do PSD André Coelho Lima, diz que é com satisfação que vê a integração da zona da Cruz de Pedra na nova ARU.

Ainda assim não deixa de condenar os atrasos que se verificaram na obra de requalificação dos fornos, notando que o documento que foi apresentado em sede de reunião de câmara não tem prazo de execução.

Informação em destaque
Trânsito interdito na Rua Gil Vicente para obras
18 de Janeiro, 2021
CERCIGUI constrói o maior puzzle da região
17 de Janeiro, 2021
Trânsito condicionado no nó de Silvares
16 de Janeiro, 2021
BabeliUM promove oferta diversificada em línguas
18 de Janeiro, 2021
PSD de Guimarães reclama apoios eficazes para o comércio
18 de Janeiro, 2021
Covid-19: Conselho de Ministros extraordinário reavalia medidas
18 de Janeiro, 2021
Publicidade