OP: Intervenção ativa dos vimaranenses
10 de Novembro, 2018

As propostas vencedoras do Orçamento Participativo (OP) 2018 foram apresentadas esta sexta-feira, 9 de novembro, numa sessão que contou a presença dos proponentes e autarcas das freguesias envolvidas.

Adelina Pinto assumiu que a Câmara de Guimarães irá cumprir os procedimentos necessários para implementação dos projetos que tiveram maior votação neste OP. “Existe um capital na sociedade vimaranense perante um olhar mais clínico sobre o território assente na vontade dos cidadãos. O Orçamento Participativo continua a ser uma metodologia que resulta de uma participação ativa e mais interveniente, sendo um caminho a ser feito pois o número de propostas pode sempre ser melhorado”, salientou a Vice-presidente da Câmara Municipal, enaltecendo a qualidade dos projetos apresentados.

As propostas vencedoras foram as seguintes: Desporto Para todos (50 mil euros); Requalificação dos Pontilhões entre Brito e Silvares (50 mil euros) e Projeto OfiSénior (25 mil euros) referentes ao Nível 1. No Nível 2 as propostas vencedoras foram: Requalificação da Nascente do Rio Selho (31 mil euros); Escola de Saberes (42 mil euros) e Reavivar Memórias (36 mil euros).

 

O número de propostas no Orçamento Participativo 2018 foi superior ao do ano anterior, registando-se ainda um acréscimo de quase dois mil votos na participação dos vimaranenses. Foram apresentadas 13 propostas na área da Sustentabilidade Ambiental, 8 propostas na área do Voluntariado e Solidariedade e 6 propostas na área da Cultura.

Informação em destaque
CMG assina protocolo para consultas de saúde oral
18 de Dezembro, 2018
Guimarães e Braga avançam com Programa dos Sacro Montes
17 de Dezembro, 2018
‘Caldas das Taipas, Vila Natal’
16 de Dezembro, 2018
Exposição 'Monges e Guerreiros' no Paço dos Duques
18 de Dezembro, 2018
Apresentação pública da Estrutura de Missão Guimarães 2030
18 de Dezembro, 2018
“Ser estudante no Ensino Superior” em debate na UMinho
18 de Dezembro, 2018
Publicidade