HSO: CDU lamenta chumbo do TC para obras nas urgências
28 de Julho, 2018

A CDU de Guimarães lamenta que o TC não tenha aprovado o visto prévio às obras previstas no Serviço de Urgência do Hospital Senhora da Oliveira, alegando "insuficiência de fundos". Em comunicado a CDU de Guimarães “lamenta este novo adiamento", considando que mais uma vez os utentes que recorrem ao serviço de urgências vão continuar a ser prejudicados”. O comunicado começa por explicar o voto favorável do partido na Assembleia Municipal Extraordinária, do passado dia 20 de julho, em que a verba para a requalificação deste serviço do Hospital de Guimarães foi aprovada. “A CDU alertou que este investimento é da responsabilidade do Estado Central, do Governo, pelo que o acordo proposto pela Câmara Municipal para o financiamento da obra nos colocava sérias reservas e dúvidas, mas que face à urgência da obra, o acordo colheria o voto favorável dos eleitos da CDU”, lê-se no documento. A nota da CDU apela a que “as entidades envolvidas resolvam esta situação rapidamente e com o máximo empenho e dedicação. O comunicado termina com o tema da descentralização. “Conclui-se assim, mais uma vez, que a “descentralização” que o PS quer e o PS de Guimarães apoia, só poderá levar-nos por este caminho de abandono e de desigualdades”.

Informação em destaque
Congresso Internacional “A Morte: Leituras da Humana Condição”
21 de Fevereiro, 2019
Concurso Nacional de Leitura
21 de Fevereiro, 2019
Eco Parlamento identifica desafios ambientais
21 de Fevereiro, 2019
"Yoga - Contos em Movimento"
21 de Fevereiro, 2019
CDP reconhece trabalho de adaptação às alterações climáticas
21 de Fevereiro, 2019
"Famalicão em Forma" prepara e dá apoio aos peregrinos
20 de Fevereiro, 2019
Publicidade