Procedimento de classificação da Casa e Quinta da Covilhã
29 de Junho, 2018

A Direção-Geral do Património Cultural anunciou a abertura do procedimento de classificação da Casa e Quinta da Covilhã, em Fermentões.

A Casa e Quinta da Covilhã é considerada uma das obras mais importantes de Fernando Távora, sendo responsável pelo seu o restauro e reabilitação.

Apesar de nascer no Porto, onde se licenciou em Arquitetura, na Escola Superior de Belas Artes do Porto, Fernando Távora teve uma forte ligação à cidade de Guimarães e dedicou muito do seu tempo na Casa da Covilhã, em Fermentões.

Em sua honra, a Ordem dos Arquitetos instituiu um Prémio anual com o seu nome, para a melhor proposta de viagem de investigação. Foi um dos maiores vultos da Arquitetura Contemporânea Portuguesa, fundador e Mestre da chamada "Escola do Porto", que soube fazer a síntese entre a arquitetura tradicional nacional e a arquitetura moderna internacional.

A importância dos serviços por si prestados a Guimarães foi reconhecida pela autarquia em 2003, altura em que lhe foi concedida a Medalha de Ouro da Cidade.

Informação em destaque
“Portugal 2020 – Incentivos ao Investimento”
16 de Janeiro, 2019
5 freguesias de Guimarães inscritas no concurso Eco-Famílias
16 de Janeiro, 2019
Conselho Consultivo reúne esta quarta-feira
16 de Janeiro, 2019
Curso de videoarte no Museu
15 de Janeiro, 2019
CDS questiona Governo sobre demissão da presidente do IHRU
15 de Janeiro, 2019
Club Souto regressa a Barcelos
16 de Janeiro, 2019
Publicidade