Guimarães fora da corrida a CVE 2020
18 de Abril, 2018

Guimarães não foi selecionada para a “shortlist” do processo de candidatura a Capital Verde Europeia 2020.

À fase seguinte passaram as cidades de Ghent (Belgica), Lahti (Finlândia), e Lisboa (Portugal).

Em nota divulgada pelo município é referido que Daniel Calleja, Diretor Geral para o Ambiente da Comissão Europeia, enviou uma missiva a Domingos Bragança onde ‘felicita Guimarães pela qualidade da candidatura submetida a Bruxelas para o título de Capital Verde Europeia 2020.

Na carta, Calleja refere que alguns exemplos de excelência contidos na candidatura de Guimarães serão incluídos na lista de boas práticas da Comissão Europeia, ficando disponíveis no website da Capital Verde Europeia’.

Daniel Calleja, pode ler-se, ‘fez também votos para que, no futuro, Guimarães submeta nova candidatura’.

 

Entretanto, esta quarta-feira, 18 de abril, decorre uma conferência com o tema Guimarães 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

A iniciativa junta o Presidente do Comité Externo de Aconselhamento da Capital Verde Europeia 2020, Mohan Munasinghe, e o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança. Esta conferência tem início às 17h30, no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor.

Informação em destaque
Provedora da SCMG faleceu
12 de Novembro, 2018
Guimarães acolhe I Edição do "Wine Fair"
12 de Novembro, 2018
XX Colóquio de Outono reflete sobre a paz e liberdade
12 de Novembro, 2018
Exposição 'Monges e Guerreiros' no Paço dos Duques
12 de Novembro, 2018
Posicionamento da Marca de Turismo de Guimarães
12 de Novembro, 2018
“Há Teatro n'Aldeia”
12 de Novembro, 2018
Publicidade